terça-feira, junho 29, 2004

PICADINHO 2054 - TRAILER

Logo da Columbia Pictures. Trilha de uma ópera-techno, que vai aumentando o número de batidas por minuto e os tons mais agudos. Foto dos picadinhos no sofá de Bauru...

LOCUTOR (CID MOREIRA)
Algumas amizades são para sempre....

Vemos os mesmos Picadinhos, sentados em um banco de metal, computadores ao fundo.../

Corta para/

Vemos cinco Picadinhos olhando para outra pessoa, que não vemos, e que fala:

PESSOA DESCONHECIDA
Troco todas as possibilidades que o futuro poderia me trazer pela chance de viver dois ou três momentos felizes novamente.

LOCUTOR
Para sempre...

Corta para a foto dos picadinhos no sofá de Bauru novamente...

LOCUTOR
Eles se conheceram quando ainda havia incerteza sobre o futuro e a vida...

Vemos Anderson falando animadamente com quatro picadinhos no cenário de 2054, em volta de uma mesa..

ANDERSON
Lembra do quando de tempo que a gente perdeu discutindo o que fazer com o futuro? Agora temos todo o tempo do mundo pra pensar nisso...

DARLAN
Quem diria que um dia a ciência faria de nós todos eternos. Foi a segunda maior surpresa da minha vida.

LYARA
Ué? Qual foi a primeira?

DARLAN
O Anderson campeão de surfe masters em 2014...

MÁRCIO
É como diria aquele filósofo alemão:

HELENA
Ai... Lá vem mais uma citação.

MÁRCIO
"Só a dor divinizava. A eternidade nos distanciou de Deus, do que é eterno"

LOCUTOR
Mas agora, eles iriam ser confrontados com o futuro. Com o passado. E com o fim.

Trilha aumenta. Corta para um som de plantão de Jornal Nacional. Locutora do Jornal fala em uma tela tridimensional. Picadinhos acompanham.

LOCUTORA DO JORNAL
O serviço secreto galáctico acabou de confirmar: Os três loucos procurados furaram o bloqueio e deixaram a Terra pelo sistema de teletransporte...

LYARA, com a mão no rosto...
Meu Deus! Tenho certeza de que eles estão vindo para cá!

Trilha sonora muda para a de um thriller, aumenta e sobe a tensão.
Vemos Gurgel, Helena e Lyara desesperados desligando algumas máquinas...

GURGEL
Isso não pode acontecer!

HELENA
Pelo amor de Deus. Precisamos desligar todas as entradas...

LYARA
Aqueles quatro botões estão travados!!!!

Uma luz forte aparece, seguida de um barulho ensurdecedor.

VOZ DESCONHECIDA
Tarde demais.

.....

Trilha sonora pausa.
Gurgel, Helena e Lyara param.

VOZ DESCONHECIDA 2
Estava com saudade dos seus bolos verdes, Helena.

Helena desmaia.

LOCUTOR
A Columbia Pictures apresenta a maior produção da história da ficção científica brasileira.

Vemos uma mão feminina cortando um bolo...

HELENA, chorando
Acho que é o momento mesmo. Antes que eles cheguem. Eu preciso dizer.

Helena termina de cortar o bolo e oferece para alguém:

HELENA
Preciso dizer: Você é meu filho.

Volta a trilha de techno.

LOCUTOR
Uma história de paixão, amizade e incertezas.

Vemos Márcio irritado, com a mão na cabeça.

MÁRCIO
Não! Não! Não! Isso não pode acontecer justo agora que eu encontrei o homem da minha vida! Logo agora que você ia ganhar a aposta, André!

LOCUTOR
Do mesmo diretor de "Marcianos em Bauru"...

DARLAN
Era só o que faltava... Vivemos tudo isso, para vocês aparecerem com essa idéia.

LOCUTOR
Dos criadores de "A vida sexual de Sandy"

WINCK
Idéias, Darlan. O que seria do universo sem elas...

LOCUTOR
Pi-ca-di-nho Dois mil e cin-quen-ta e qua-tro. Minisérie em quatro capítulos

ANDERSON, caído, suado, close em seu rosto...
Não! Não! Até você aparece nessa história!!! Isso já é demais....

GC E LOCUTOR:
BREVE, NA INTERNET
.

segunda-feira, junho 28, 2004

Progama de Darlene

Meu final de semana foi recheado de programas para matar de inveja qualquer Darlene delirante. Começou com a festança promovida pelos getlemans Denis Carvalho e Gilberto Braga. Festa no Porcão Rios, muito bem regada e servida com vista para Bahia de Guanabara e direito a show da Blitz. O Debut de Sr. Alvarenga em festas globais e até ele gostou e se divetiu apesar de ter achado Miss. Secco muito coberta... homens... E povo estava animado bebeu todas no final teve até barraco no banheiro envolvendo Paulinho Vilhena. Disso eu só ouvi falar pq a essas horas já estava curtindo uma festinha particular no apt. novo! Domingo foi dia de desfiles no Fashion Rio. Manecas pra cá, champange pra lá, muita badalação. Encontrei até o Fenômeno??!! Frisson total por causa de uma piscadinha. Foi legal. Fui só para ver como é que era e dar uma espiadinha em um desfile. Acabei assistindo 4!!! Já posso até escrever sobre as tendências para Verão 2005: verde, tecidos leves, transparências, brilhos, saia godê, cintura alta, sapatos razos, gravata amarrada como cinto, anos 50 na cabeça! Eu sou mesmo uma garota muito chique e badalada!! Ah Ah Ah!!!!!!!!!

sexta-feira, junho 25, 2004

Angústia, monitorada pelo Ibope


Gente tenho que confessar: nao aguento mais essa angústia. Quem, oras bolas, matou o tal do Lineu????

Terá sido o lula, ao descobrir que ele a favor do minimo de 275 narjara-turetas?

Terá sido o bush, ao saber que ele tinha provas definitivas que o chefe maior daquele país era chegado a uma dominatrix em pleno deserto?

Terá sido o beckham, antecipando-se ao fato de que o seu fiasco na cobrança de penaltis iria coloca-lo em manchete em todas as publicações do grupo vasconcelos?

Ou terá sido aquele insuportável caranguejo nã nã nã, ao saber que o distinto defunto era mais chegado à cerveja novskin (que cá entre nós, tem a maior cara de Andaraí, ou não é?)???

Oh, dúvida cruel! Uma megasena acumulada por essa fundamental resposta!!!!

PEDIDO AOS PICADINHOS

Amores,

Perdi meu celular ontem e, com eles, todos os telefones de vcs.
Pelo que percebi, só lembro o da minha mãe e o do Edson.
Mandem por mail os números, please...

beijos

quinta-feira, junho 24, 2004

FRIENDS PICADINHO - ÚLTIMO EPISÓDIO


......na soleira da porta, está parado João Winck. Continua magro e aparenta ter bem menos idade do que de fato seu personagem tem.

- Winck !!!!!! Que bom ! – diz Anderson alto.

- Achou que eu não vinha para assistir com vocês, né ?!

- Você e essa fobia social de décadas – diz Anderson abraçando Winck.

- Tomei um coquetel de Prozac com Lexotan para estar aqui....

- Você sabia que o Jr, entrou na Unesp para fazer Comunicação Social ?

- O filho de Darlan e Lyara ? Coitado do garoto.. parecia tão inteligente... rs

- O que você quer dizer com isto ? – diz Anderson, fingindo estar bravo.

Vão andando e caminhando. Todos que estão na sala vem cumprimentá-lo animadamente.

Corte. Márcio está saindo disfarçadamente de casa.

-Ahã ! Pensou que não ia perceber sua escapada... – É Helen sorrindo.

- Tava indo encontrar o R..... – diz Márcio meio sem-jeito.

-Ele vem mais tarde ?

- Não sei... não sei se haverá mais tarde.

- Você e essa vocação para ser melodramático. Já contou para ele do Minc ?

-É justamente isto que vou fazer agora.

- Má, Ele tá esperando que você mude para o Recife......

-Eu sei .. mas vou para Brasília Helen !

- Espero que ele entenda....

-Entenda o que ?

-Que não vai ser agora que vamos morar juntos.....

-Aí Má ! Vai ser difícil explicar . Por que não convida ele para morar lá com você ?

-Eu odeio Brasília e não quero que ninguém que gosto moro lá... e..

-Sei.... mas um arsenal de desculpas para não se casar.....

Silêncio ! Márcio vai saindo...

-Você tem toda a razão Helen.

Externa. Dia. Praia de Boa Viagem. Márcio está sentado na areia, vendo o mar. Chega R, pouco mais novo que ele. Ainda bem bonito.

-Oi! Por que você não passou em casa ? –diz R, abraçando ele forte.

-Preferi vir aqui conversar contigo. Essa praia e nós temos muitas histórias.

-E aí ? E lá em Brasília ?

-Aceitei o cargo !

-Parabéns Senhor Secretário do Audiovisual !

-E quando você se muda para lá ?

-Bem, é sobre isto que quero conversar !

-Eu tinha certeza que sim – diz R com um sorriso melancólico, enquanto brinca com os dedos, contornando os desenhos de um ideograma tatuado em seu braço.

A música vai subindo. “Para uma amor no Recife” de Paulinho da Viola, cantado por Marina Lima. Pôr-do-sol invade a tela. Está anoitecendo.

Interna. Sala de TV da casa de Helen e Gú. Picadinhos na sala. Mesa posta com comidas e bebidas. Quase todos os personagens estão presentes. Menos Márcio. Helen pergunta para a empregada:

-Cadê o Má ?

-Tá na cozinha comendo !

-Com esse monte de comida aqui ?

-Disse que ia se “entupir” de bolo Souza Leão porque queria se lembrar do gosto doce que Pernambuco teve em sua vida....

-Aí meu Deus ! –suspira Helen. Olha para a TV.

-Má, vai começar !!!!!!

-Calma He, é apenas o começo da transmissão.

-Adoro ver o tapete vermelho.

Márcio vem da cozinha mastigando.

-Perdi algo importante ? –pergunta

-Não. Nós é que queremos saber o que você perdeu para estar deprimido. –Diz Lyara.

-Não foi nada ! O bolo Souza Leão já me animou.... R me despachou .

-Por que ? – pergunta Anderson !

-Porque disse que iria para Brasília. Sem ele...

-Ele ficou muito nervoso ? – pergunta Darlan.

-Melhor que tivesse ficado. Foi doce como sempre... a mesma docilidade e paciência que teve a primeira vez que me mostrou o Recife Antigo....

-Lamentável Márcio ! –comenta Anderson !

-Dançou né, Neguinho ? – diz Winck.

-SIM !!!!!!

-Desconfio que não.... –observa Helen.

-Também acho que não – sorri Lyara.

-Por ....

-Vamos deixar de conversa e prestar atenção. Precisamos avistá-lo.....- diz Darlan.

-Verdade ! – diz Helen.

Os Picadinhos param para ver TV. Continuam falando, mas com os olhos vidrados nela.

Passagem do tempo.

-É agora ! Cadê o Edson ?

-Edson sai com uma Playboy do banheiro.

-Tô aqui Helen. Me exercitando para ser definitivamente solteiro !!!!

Risos gerais. Close na tela da TV. Um tradutor péssimo se sobrepõe ao texto falado em inglês.

-E agora vão anunciar o esperado Oscar de Roteiro Original. É a nossa chance de ganharmos o único prêmio que falta para nosso cinema – diz a voz em off.

-Os indicados são : A Senhora das Pulseiras, o retorno da velha dama”.....

Aparecem na tela sucessivamente o rosto dos indicados ao prêmio.

Por último, o locutor anuncia.

-E finalmente, mas não menos importante, o concorrente Brasileiro. (Fala-se nome de André Amaral, ao mesmo tempo em que seu rosto invade a tela. É possível ouvir os aplausos e comemorações dos Picadinhos.

-.. pelo filme “Friends Picadinho 2054”.

- Voz em off eufórica..

-Meu deus ! Chamaram Caetano Veloso para entrega o prêmio... será que pela primeira vez.....

- Caetano entra em seu inglês macarrônico, enquanto abre o envelope diz:

- Eu sabia.... rs.. o Oscar vai para André Amaral para “Friends Picadinho 2054” !

Comemorações na sala do Picadinho. Na TV, André Amaral sobe ao palco e abraça Caetano Veloso com cara de nojo. Pega o Oscar ! O ergue. Posiciona-se para fazer o discurso. Seu nariz está vermelho e inchado. Em inglês:

-Desculpem, estou surpreso e terrivelmente gripado. Queria agradecer a Academia, ao jornalismo brasileiro que não me deixou opções, por isto me tornei roteirista. Mas principalmente queria agradecer meus amigos Picadinhos que me inspiraram a história. Há muito tempo, um deles escreveu uma história péssima e publicou no nosso blog. Que coisa antiga... tecnologia arcaica. O roteiro dele me ensinou como NÃO se deve escrever um roteiro ! Thank You Very Much Academia e Picadinhos!!!!!

Corta. Passagem de tempo. A mucama de Helen entra na sala de TV.

-AHHHHHHHH !!!!!! Desculpe Dr. André.....

André sentado na frente da TV só de cueca samba-canção e comendo miojo na panela diz mal-humorado:

-Já disse que não sou Dr;.... consegui me livrar da Academia faz tempo, felizmente !

-Mas o senhor ganhou o tal do prêmio que dona....

Neste momento Helen aparece para ver o que está acontecendo.

-Por que vc gri... Ah,,, (ri) André, você não perde a mania de ver TV nestes trajes....Vamos tomar sol... tá todo mundo na praia...

- Tava vendo a cerimônia .. nunca tinha assistido desde que ganhei o prêmio....

Corta para a praia. Os Picadinhos estão reunidos ao sol. Lagarteando. Anderson está no mar com JR, filho de Lyara e Darlan. Estão surfando. Chegam Helen e André.

_ O que houve Helen ? – pergunta Darlan.

-Nada ! Apenas “dr” André estava vendo TV só de samba canção e comendo miojo e a empregada assustou ao entrar na sala....

-André, pessoas do seu nível não podem ter esaa postura – ri Lyara.

- Eu não entendo como alguém consegue ver TV na beira da praia no Nordeste em pleno Sábado de carnaval. – comenta Edson.- Nem eu que fiquei na farra a noite inteira resisti. Acordei e vim para a praia...

- Num tinha visto o DVD desde que ganhei o prêmio há quase um ano... – comenta André.

Neste momento JR e Anderson saem do mar, carregando suas pranchas.

Mãe, que história é essa que a vó Yara chamava você de “Espírito Livre” quando vocês estavam na faculdade ? E por que você se casou de sapatos vermelhos ? Pai, como você permitiu isto ? – pergunta o garoto.

-Anderson, o que você andou contando para o JR ? –pergunta Lyara com riso amarelo.

-Melhor não entrarmos nestes detalhes – ri Darlan – Prefiro contar do nosso primeiro dia de casados, no Rio.... eu odeio o Leonel Brizola....

Os Picadinhos riem... a câmera vai se afastando..... para o mar, sobe ao céu. Do céu volta. Vê –se as ladeiras de Olinda, à noite, em pleno Carnaval . Os Picadinhos estão na varanda e janelões de um dos sobrados.

- Como ele agüenta.....- observa Anderson da janela.

- Quem, o Márcio ? – ri Darlan.

- É a décima vez que ele sobe e desce esta ladeira pulando..... – diz perplexo Anderson. – Será que ele não sabe que é um cinqüentão ? Não muda....

- E nós mudamos Anderson ? – pergunta Helen.

- “Alguma coisa tem que mudar para que as coisas permaneçam as mesmas” – responde Anderson rindo.

-Ih, olha lá ! – espanta-se Lyara

-Bem que nós avisamos. Ly,,,- diz Helen.

Márcio se encontra com R na ladeira. Olham-se . Sorriem e se abraçam.

- O Márcio não toma jeito mesmo ! – comenta Darlan gargalhando.


- Não é a toa que ele não suportou seis meses em Brasília.... – diz Edson.

De repente o maracatu pára e começa a se ouvir nas ruas “Requebra”, velho axé da década de 90, do século XX.

-Que porra que é essa ? – pergunta André.

Todos riem. Anderson comenta:

- Pedimos para tocar em sua homenagem.....

O carnaval continua rolando. A câmera se perde nas ladeiras, no meio da multidão. Corta para a sala de jantar de Anderson e Helen. Dia. Mesa de café-da-manhã.

-Alguém viu o Márcio – pergunta Anderson.- Tô preocupado – Ele não dormiu em casa.

-O Chuchu, tenho certeza que ele está bem – ri Helen, olhando para Lyara que concorda. Estão conversando animadamente, Márcio chega . Feliz e sorridente.

-Bom dia Picadinhos !!!!

Risadas gerais.

-Onde o senhor estava ? – pergunta Lyara fingindo estar brava.

-Comigo, responde R timidamente, entrando na sala.

- Conta a novidade – diz Anderson e Helen quase ao mesmo tempo.

- Bom gentem, o papo tá bom, mas preciso ir. A farra acabou – diz Edson. – Avião não espera.

-Perá um minutinho Edson, - diz Anderson – Vamos até a praia....

-Fazer o que ? – pergunta Darlan, curioso.

-Vocês já vão ver. – responde Helen.

-Saem todos para a praia. Há um sofá posto na areia.

-R, por favor você pode bater uma foto da gente ? – pergunta Anderson.

-Claro que sim !

Os Picadinhos se posicionam. Anderson e Helen abraçados sentados, Darlan com Lyara no colo na outra ponta. Em pé, André com o Oscar na mão e Edson encostado no outro braço. Márcio, sentado na areia em frente ao sofá, segura Leo III, gato branco de Helen, em seu colo. Sorriem. Fade out.

Na tela aparece:

DIZEM QUE FORAM AMIGOS PELA VIDA INTEIRA E COMPARTILHARAM INCLUSIVE AS CHATICES E DIFICULADES DA VELHICE. DEVE SER FICÇÃO. AMIGOS, NESTE MUNDO SUPERFICIAL EM QUE SE VIVE HOJE EM DIA, NÃO DURAM MAIS DO QUE UM PAR DE ANOS, O QUE PENSAR DIZER ENTÃO DE UMA VIDA INTEIRA.....

Close em uma fotografia antiga em uma escrivaninha de trabalho. A câmera passa para outro porta-retrato, ao lado. É a foto que os picadinhos tiraram na praia. Winck está sentado na cadeira em frente olhando a foto.

-Meus meninos......

Fade Out lento...

FIM


Ao André Amaral, que me inspirou essa HISTÓRIA;

Ao Anderson e a Helen, pelos 10 anos de HISTÓRIA;

Ao Darlan e a Lyara que agora começam uma nova fase da HISTÓRIA;

Ao Edson, que nos mostra sempre a simplicidade da HISTÓRIA;

Ao Márcio, que com os Picadinhos aprendeu a ser o dono de sua própria HISTÓRIA !!!!!!!

(Obrigado por existirem em minha VIDA !!!!! Vocês são os melhores AMIGOS que um cara pode ter !!!!!)

WE WILL SURVIVE !!!!!

quarta-feira, junho 23, 2004

RODA VINHETA DE ABERTURA

CLUBE DO PICADINHO

Em um vídeo VHS, em uma sala pequena de uma velha casa de interior, mobiliada com móveis decadentes, ou o que sobraram deles, Anderson, Helen, Lyara, Darlan, André, Edson e Márcio ensaiam uma tentativa de coreografia. Estão jovens, por volta de 20 anos.
Enquanto Lyara comanda as filmagens, Márcio cuida do som e Anderson se recusa a participar. Estão felizes. A juventude lhes cai bem. A música escolhida para a coreografia é


At first I was afraid I was petrified
Kept thinkin' I could never live without you by my side;
But then I spent so many nights
Thinkin' how you did me wrong
And I grew strong
And so you're back from outer space
I just walked in to find you here with that sad look upon your face
I should have changed that stupid lock
I should have made you leave your key
If I'd've known for just one second you'd back to bother me
Go on now, go walk out the door
Just turn around now
('cause) you're not welcome anymore
Weren't you the one who tried to hurt me with goodbye
Did I crumble
Did you think I'd lay down and die?
Oh no, not.I. I will survive
Oh as long as I know how to love I know I'll stay alive;
I've got all my life to live,
I've got all my love to give and I'll survive,
I will survive. Hey hey.
It took all the strength I had not to fall apart
Kept trying' hard to mend the pieces of my broken heart,
And I spent oh so many nights
Just feeling sorry for myself. I used to cry
But now I hold my head up high
And you see me somebody new
I'm not that chained up little person still in love with you,
And so you feel like droppin' in
And just expect me to be free,
Now I'm savin' all my lovin' for someone who's lovin' me
Go on now.. etc.

I WILL SURVIVE

By Gloria Gaynor !
Outros delírios de felicidade....

Juro que depois desse Post eu não vou mais tocar no assunto. Mas não posso deixar de fazer um último pronunciamento sobre o casório.

Adorei casar! Depois de todo o stress, correria e incidentes (pelos quais eu nem imaginava passar) heis que ficou tudo (quase) como planejamos.Curti pra caramba. Foi divertido e emocionante. Adorei juntar todas as pessoas que eu mais amo nesse mundo. Faltaram alguns poucos e uma ausência foi sentida bem fundo em especial. Mesmo assim foi um dia de alegria e felicidade. Eu já estava tão relaxada e feliz que consegui me divertir e comer. Comi bastante, em contraste a uma semana anterior de ansiedade durante a qual eu não conseguia engolir nada. Tanto que minha vó teve que dar uma última apertadinha no vestido no domingo. Só teria feito uma coisa diferente: contratado um som profissional. A seleção de músicas foi feita por nós mesmos, tivemos a ajuda do André e o garoto que o Darlan arrumou tb. foi bem bacana, mas faltou potência no som. Tudo bem. A animação superou... De resto deu tudo certo. Todos comeram, beberam se divertiram e emocionaram, exatamente o que queríamos. Fui dormir feliz na minha primeira noite de casada. Depois veio a Lua de Mel! Muito bom!! Quem foi o ser iluminado que inventou essa tradição???? Ficar junto com a pessoa amada, passear por lugares bonitos e interessantes, se divertir e aproveitar muito!!!!!!!!!! Gramado foi perfeito. Passeamos bastante, conheci lugares novos, comemos e bebemos deliciosamente. Conhecemos as belezas naturais dos canyons, parques, cachoeiras e as adegas e vinículas mais prestigiadas da região, aprendi muito sobre geografia e vinhos. Algumas compras. Amei. Darlan foi um getleman e dirigiu o tempo todo (estou com a carteira vencida). Enfim até agora (tirando episódio Brizola) a vida de casada vai as mil maravilhas!

terça-feira, junho 22, 2004

DEU NO NEW YORK TIMES DE HOJE

Afinal, para os "americanos, preto é preto, branco é branco e a mulata não é a tal".
Na terra da "liberdade" , criam-se REGRAS até para o que se deve tocar em um casamento....

Veja qual é a música mais adequada para festas de casamento

Trilha sonora pode selar sucesso da união ou ser primeiro passo no rumo do divórcio

Mark McGuire
Albany Times Union

Imagine sua canção de casamento. A primeira dança lenta entre marido e mulher. É com essa música que eles se definem pela primeira vez, oficialmente, como um casal - e coitado do cara se não se lembrar, dali a uns 10 anos, qual era o nome da canção. (Eu estou salvo: era "Stand By Me", do Ben. E. King, na versão de John Lennon, que nasceu no dia 9 de outubro, e é assim que eu consigo lembrar do meu próprio aniversário.)

Geralmente é a noiva quem escolhe. (Eu ajudei.) O cara geralmente diz: "A que você quiser, benzinho." Na melhor das hipóteses, é uma canção que tem alguma relevância para o casal. E também é igualmente comum que seja uma canção ouvida em pelo menos três dos últimos cinco casamentos em que eles compareceram.

Algumas canções servem bem para a primeira dança. Bem até além da conta, diriam alguns animadores de casamento. Qualquer canção que contenha as palavras "Always" (Sempre), "Forever" (Para Sempre) ou "Endlessly" (Interminavelmente), a palavra "Love" (Amor) e que seja cantada por Celine Dion, ou que tenha sido destaque num filme (ou, pior ainda, que tenha sido o tema principal)... essa será uma "campeã", dizem os especialistas.

"Não escolha a canção que está na moda", recomenda Jason McComber, DJ e gerente de operações da empresa promotora de casamentos Parties Unlimited Entertainment & Sound, em Lake Placid, N.Y. "Se você esteve em casamentos e viu mais de um casal dançando esse hit, é melhor procurar outra."

Parece que muitas músicas que tocam nas cerimônias foram especialmente "embaladas para casamento", sendo que essas mesmas têm sido ouvidas há, pelo menos, uma geração. Mas já que é você (ou, com mais sorte, seus pais) é quem paga a recepção não abra mão de escolher a lista de canções - desde a primeira, que vai embalar a sua dança, até aquela que vai animar o último corinho dos bebuns.

Mas o problema é que, há mais ou menos uma década, não estão surgindo muitas novas "canções de casamento". As exceções são "Amazed", do grupo Lonestar, algumas baladas cantadas por Celine Dion e, talvez, algumas músicas country. Mas provavelmente a maioria das músicas que se ouve nas recepções é a mesma de dez anos atrás.

"É melhor que a primeira canção do casal venha lá do passado", segundo Bruce Keslar, diretor da Associação Nacional dos Animadores em Movimento, entidade que representa 4.400 DJs. "Não há nada (de atual) que possa encher um salão de baile ou que possa ser lembrado para sempre."

Nessa que á temporada anual de matrimônios nos Estados Unidos, é quase assustador encarar a questão: Estaríamos em plena Crise das Canções de Casamentos? Hmm,não é bem assim. Felizmente temos reservas o bastante para durar mil anos.

Mas como escolher? Com cuidado. Os DJs de casamentos e músicos dão o mesmo e inquestionável conselho para quem for escolher a canção para a primeira dança: Preste atenção à letra. À letra inteira.

"'I Will Always Love You', de Whitney Houston, por exemplo - essa é uma canção de separação!", diz Keslar. E pense não só no que a canção significa para você, mas no que vai ela vai representar para os outros. Lembre-se, aquela adoração especial que você tem por uma música pode não ficar muito clara para os seus convidados.

Mesmo uma versão intimista de "Hell Bent for Leather" (Inferno Feito de Couro), do Judas Priest, por exemplo, dará a impressão que os dois pombinhos se conheceram no chat room de um site para adultos.

"Quanto às músicas que devem ser evitadas, recomendo tudo que remeta à tristeza ou separação", disse o DJ Charles "Chaz" Giknis. "Você nunca vai querer para a sua primeira dança 'You Lost that Loving Feeling' (Você Perdeu Aquele Jeito de Amar). Essa escolha daria o tom para o resto da sua vida."

Os DJs e cantores de casamento dirão aos seus clientes - o dia é de vocês. Vamos lá, é a sua festa, seja original. Mas só até um certo ponto.

Dyanne Marlowe, cantora do grupo especializado The Original Marlowe & Company Wedding and Party Band, disse que uma vez recusou uma canção requisitada para a primeira dança. E era do repertório de ninguém menos que Frank Sinatra.

"'The Lady is a Tramp' (A Dama É uma Vagabunda)", segundo a cantora. "O pai do noivo queria, o noivo também. A noiva não quis dizer nada - mas eu quis. Essa nós não tocamos."

Alguma atenção também deve ser dedicada às canções que serão tocadas no restante da cerimônia. Você e sua esposa até podem ser metaleiros radicais, mas, convenhamos, quatro horas ouvindo as pauleiras do Godsmack e do Korn certamente deixarão a pista vazia. Sem falar que a querida Vovó poderá ter um ataque.

Então leve a sério. Isso não quer dizer que você não possa estabelecer as canções indesejáveis. Na verdade, muito fazem uma lista das que não podem ser tocadas.

Mas será que adianta? Os animadores citam sempre as mesmas canções quando conversamos sobre aquelas que os casais pedem para não ser tocadas. E não é que as "proibidas" correm riscos de ser sempre cantadas pelos animadores de casamento? Veja a lista:


"Celebration" (Kool & the Gang). "Nos últimos anos essa é uma que os casais sempre pedem para não tocarmos", disse o DJ Michael Sipperly. Ele recebe até ameaças das noivas: " Não me importo com o que minha mãe tenha dito nem com a quantia de dinheiro que ela lhe ofereceu."


"The Chicken Dance" (A Dança da Galinha), tocada por alguns caras com acordeões, e "YMCA", do Village People. "Eu não acho que um casamento deva se transformar numa festinha de sétima série", disse o DJ Jon Durney.


"Old Time Rock 'n' Roll", de Bob Seger. "É taaão manjada", disse Karen Lawrence, da Karen Lawrence Band.


"Electric Slide", nome verdadeiro de "Electric Boogie", de Marcia Griffith, "The Hokey Pokey" e, claro, "Macarena" (Los Tres del Rio).

Estas canções sempre são tocadas porque é o que se espera nos casamentos. O clichê se transforma num ritual. Segundo Keslar, líder dos animadores. "Quando você tem 50 convidados querendo ouvir 'YMCA' ou a 'Macarena', é muito difícil contrariar".

Primeiro dia no Rio, casado e repórter iG

Tudo indicava que seria um dia tranqüilo. Reconhecimento de território, ressaca de lua de mel, configuração de computador, organização da agenda. No apartamento, a esposa empenhada arrumava a casa e prometia até a produção do primeiro jantar de casados para o seu maridinho. Mas eis que o carma de repórter velório falou mais alto.
Quando a redação de São Paulo ligava para perguntar se eu tinha informações sobre a internação do Brizola, a nota já estava sendo escrita.
Pelo que apurei, senti que o caso era grave e ele poderia bater as botas a qualquer intante. Completei a nota, passei os telefones de contato para SP e avisei para me ligarem se acontecesse alguma coisa.
Eis que chego em casa, esposinha cheirosa me esperando, mesa sendo posta e entra o plantão do Jornal Nacional. Ao mesmo tempo toca o meu celular. E lá vou eu para cobrir mais um velório no meu primeiro dia de repórter iG no Rio. Como nos meus primeiros dias de iG em São Paulo, fui para a pauta de busão e pior, voltei andando pois esqueci minha carteira em casa. Sorte que o hospital ficava a cinco quadras de casa.
Enfim, após Covas, Celso Daniel, Comandante Rolim, Villas-Boas, Rogério Sganzerla e todos esses outros defuntos dos últimos tempos, mais um velório para meu currículo de jornalista urubu.
Saravá!!!

segunda-feira, junho 21, 2004

NATURE BOY

Não sei porquê cargas d'água estou com essa canção na cabeça desde sábado, a hora que acordei....(ou melhor sei, mas melhor não entrar em questão..)
A música é de David Bowie - antes de "Labirinto, a Magia do Tempo" - caracas como sou velho....mais década de 80 impossível!
Tenho a gravação com Ewan McGregor, em "Moulin Rouge" e com Caetano em "Totalmente Demais", de uma maneira que somente ele pode cantar sem gerar polêmicas...sabe-se porquê, é claro...


There was a boy.
A very strange enchanted boy.
They say he wondered very far, very far, over land and sea.
A little shy, and sad of eye
But very wise was he.
And then one day
One magic day he passed my way.
And while we spoke of many things
Fools and kings
This he said to me:

The greatest thing
You'll ever learn
Is just to love
And be loved in return.


E NÃO PERCAM, ESTA SEMANA....

O ÚLTIMO Episódio de Friends Picadinho !!!

Quem chegou no último episódio ?

Por que os "Picadinhos" se reuniram ?

Será que o autor vai contar menos a sua história ?

Mais aguardado que o fim de Celebridade... o Andaraí vai parecer um lugar provável depois deste final....

CENAS DE UM CASAMENTO

Agora que os recém-casados voltaram à Cidade Marvilhosa, podemos comentar:

Detalhes e momentos inesquecíveis da cerimônia do ano:

1- O sorriso de felicidade indisfarçável de Lyara e Darlan. Nunca vi noivos tão felizes ! (Por um milésimo de segundo, mas só um milésimo, até cogitei a hipótese de me "casar" )

2- Os bonequinhos do bolo. Cópias fiéis dos noivos ! (Até o jeito que dançam foi reproduzido com perfeição)

3- Os sapatos VERMELHOS de Lyara para combinar com o buquê ! Luxo, Glamour, Choque e Poder !

4- O discurso de ambos durante a cerimônia ! BACANA ! Só quem se ama de verdade conta a história nesta hora !!!!!

5- O BEIJO que Darlan deu em Lyara quando o juiz disse a frase clássica: "Pode beijar a noiva" ! Deixou o meritísimo de olhos arregalados e os pais de ambos "impressionados" ! (No mínimo, ficaram imaginando como foi o namoro de vocês...)

O detalhe sórdido, porém necessário:

O Big Edson "cantando" as amigas cariocas da Lyara, dando sinal legítimo de quem quer fazer a próxima festa de casamento !!!! Ao contrário de Márcio Rodrigo e André Amaral, o rapaz parece que decidiu firmemente não ficar para "titio"... rs

PS - Como foi em Gramado ? (Não precisa contar aqueles detalhes que já imaginamos pelo beijo na frente do juiz... rs)
ANTES DA NEVE

Pois é, eis o motivo....meu presonagem de HQ favorito existe e é meu AMIGO !!!!
A última coisa que Alguém como você pode lembrar Edson, é a neve !
Obrigado pela amizade CALOROSA de todos esses anos, que em certos aspectos foram muito "quentes" !!!!! (Não levem na maldade)
BIG, desejo a você:

SAÚDE, SUCESSO, SEXO, DINHEIRO E MUITO PODER !!!! O resto é conseqüência !!!

Márcio Pateta, que se afogou na Caipirinha de maracujá e não conseguiu acordar para ir ao São Cristóvão :-0


sábado, junho 19, 2004

Adiado prenúncio do inverno

Acabo de voltar do The Raven e o Milton, o proprietário, me informou que o bar não abre aos domingos. Por isso estou adiando o dia antes da neve para a segunda, 21/06/04. Como somos poderesos, hein? É o Roteirista no céu e nóis na terra.

Vamos fazer um happy hour na segunda-feira cheia mesmo. Estarei no Raven a partir das 20h, esperando pelo menos uma alma viva.

Mas, dando continuidade às festividades da minha vinda a este mundo, já deixo aqui marcada uma cervejada no domingo (de sol, espero) de tarde, lá pelas 16h. Onde? São Cristovão, pode ser?

sexta-feira, junho 18, 2004

Prenúncio do inverno

Domingo, dia 20/06, é um dia antes de a neve chegar,
por isso estou pensando em comemorar meus 32 invernos em algum lugar (rimou).

Alguém tem alguma sugestão? Senão vai ser no The Raven mesmo, a partir de 16h.

Suprema heresia

Fui apresentada a Chico Science & Nação Zumbi nos idos do fantástico ano de 1994. Achei meio estranho, mas curti. E passei a curtir cada vez, a ponto de hoje ouvir a obra-prima "Da Lama ao Caos", ao menos uma vez por semana. Depois que conheci Recife tudo fez ainda mais sentido e, pra mim, o Manifesto Caranguejos com Cérebro é mais sensacional do que o Manifesto Antropofágico.

Fiquei muito passada quando Chico Science se arrebentou naquela curva de Recife a Olinda, no auge do sucesso (quem conhece a tal curva sabe que qualquer um se mata dirigindo rápido demais ali, ainda mais numa terça de Carnaval em Pernambuco). A morte dele e depois a de Cássia Eller, e outras que não recordo agora, reforçam a minha teoria de que, no mundo musical, "os bons morrem jovens", mesmo, enquanto os pagodeiros de meia tigela e sertanejos estão todos aí, firmes como rochas.

Mas fiquei infinitamente mais passada quando, na academia hoje de manhã, comecei a ouvir os berros daquele gordo do Charlie Brow Jr e comecei a reconhecer a letra... parei o movimento do exercício que fazia e fiquei estática. Sai correndo e fui perguntar ao Anderson "Eu tô louca, não tô ouvindo isso!!!". Infelizmente eu estava. Esses nojentos, que conseguem cantar "Eu não sei fazer poesia, mas que se foda", tiveram a cachorra, cometeram a heresia de regravar "Samba Makossa", uma de minhas músicas preferidas de Chico Science & Nação Zumbi. É ridículo, os caras são metidos a metaleiros e cantam uma música como essa!!! A música tem ritmo de samba, de maracatu, de tudo, menos de rock. E ainda mais rock ruim como o deles.

Ninguém merece, esse país não tem respeito pelos mortos mesmo.

Pra que não se lembra, a letra é essa:


"Samba maiorial!
Onde é que vc se meteu antes de chegar na roda, meu irmão?
A responsabilidade de tocas o seu pandeiro
É a responsabilidade de vc manter-se inteiro
Por isso chegou a hora dessa roda começar
Samba makossa da pesada, vamos todos celebrar
Cerebral, é assim que tem que ser
Maiorial, é assim que é, bom da cabeça e um foguete no pé
Samba Makossa, sem hora marcada, é da pesada
Samba, samba, samba, samba, samba, samba, samba"

quarta-feira, junho 16, 2004

SOBRE GASTRONOMIA, DE NOVO

Calda de morango é bem bom.
De chocolate também.
Laranja, caramelo, maracujá e baunilha fica ótimo.
Framboesa, jaboticaba, goiaba...
Ameixa e banana idem.
Tem umas ONZE CALDAS boas pra usar em doces...
Helena bem que podia fazer uma delas no próximo picadinho...
Faz, Hê! O Édson também vai adorar!!!!

segunda-feira, junho 14, 2004

UM DIA DEPOIS DO CASAMENTO....

.. cientistas britânicos confirmam que o amor realmente é cego. Pelo menos esse foi o título que deram no site da BBC Brasil.

A matéria diz que...

Pesquisadores da University College London (UCL) descobriram que os sentimentos amorosos levam à supressão da atividade em áreas do cérebro que controlam o pensamento crítico.

Aparentemente, uma vez que nos aproximamos de alguém, o cérebro reduz a necessidade de julgar o seu caráter, sua personalidade e suas emoções negativas..../

"As relações humanas empregam um mecanismo atrativo que supera a distância social ao desativar as redes cerebrais usadas por emoções negativas e preconceitos", disse Bartels, chefe da pesquisa...

sábado, junho 12, 2004

As Peripécias II

Extra Extra!!Noiva histérica ataca florista caloteiro...

No bairro da Pompéia hoje a tarde uma noiva em crise pré nupcial atacou um florista, só pq este havia confeccionado os arranjos da festa de casamento com flores de outra cor. Com a chegada do noivo a a situação só fez piorar pois este, muito apaixonado, deu razão a tresloucada noiva. Resultado: o florista, pobre coitado, teve que colocar seus ajudantes para refazer o trabalho enquanto a noiva saía, ela mesma para comprar novas flores

sexta-feira, junho 11, 2004

As peripécias de uma noiva

Casar é uma coisa incrível! No sentido literal da palavra. Vc.s não podem crer no trabalho que dá! Tudo começa com uma idéia romântica de duas pessoas que se amam querendo oficializar a união. A idéia é celebrar com aqueles que gostamos amigos e parentes. Fazer algo simples, romântico e animado para não deixar a data passar em branco. Um sonho lindo...Meses depois vc. acorda preocupada com o bolo, as músicas, a bebida... Levanta correndo e vai tratar da mudança, da casa nova, do eletricista que vai fazer reparos e da tampa da privada que vc. tem que trocar pq comprou errada. Tanta coisa ao mesmo tempo! Ah e tem que administrar o stress que é a lista de convidados pq. a sua família quer tomar conta da festa, escutar todos os palpites alheios e os conselhos matrimoniais que vc. ouve até da vendedora da loja. De repente vc. percebe que o pequeno almoço comemorativo está virando um evento festivo, os amigos ligam para perguntar com que roupa devem ir e o noivo liga no meio do dia achando que só um solitário com uma única flor vai ficar pobre e as "tias" não vão poder carregar para casa, então melhor fazer pequenos arranjos de mesa.... Pronto, o clima de produção de evento contagiou a todos. O lado divertido: sua a sua mãe vai comprar tudo o que vc. quer e o que não quer (duas opções de sapato, duas de brinco um monte de lingerie nova...e coisinhas para o enxoval...) seu pai carrega vc. pra cima e pra baixo e compra tudo de gostoso (cuidado com as calorias!) tentando te acalmar; começam a chegar os presentes; a casa nova vai a ficando com cara lar fofo lar... Isso é ótimo e ainda tem as escolhas legais para deixar tudo com a sua cara, a animação e colaboração dos amigos a alegria contagiante. Mas não se enganem... depois de uma semana agitadíssima querendo esganar o noivo e todos que aparecem pela frente. Tudo parece estar a ficando calmo e caminha para desfecho feliz.... Heis que.... o vestido não fica pronto, a aliança vem com nome grafado errado e o cabeleireiro deixa o seu cabelo cor de fogo! Socorro! Sinceramente casar tem que ser mesmo uma única vez na vida!

PS. Descobri que a vontade de esganar o noivo é algo comum a todas a noivas em momento pré - nupcial. Ainda bem que passa logo, pois não quero de forma alguma perder o meu.

quinta-feira, junho 10, 2004

LADIES AND GENTLMEN, THE QUEEN IS NACKED !!!

Acabo de chegar do show de RuPaul, no Olímpia. Bem vazio....
Aquela que já foi considerada a maior top drag do mundo em Nova York no início dos anos 90 veio ao Brasil para um espetáculo de 25 minutos, em que ninguém pediu bis... para que ?
RuPaul pelas terras tupiniquins encerra uma época. Inspiradora das drags brasileiras, que tiveram papel fundamental por estas bandas ao dar visibilidade à questão homossexual na década passada, e depois resolveram deixar seu papel de "clown chocante social" e se deixaram levar pela fantasia de serem "tops", a drag americana apenas mostrou que felizmente ser gay em São Paulo já denota e conota um outro comportamento social.
Guetos, barbies, gogo boys,e as próprias drags balançando a peruca e "dublando" músicas "internacionais" que não entendiam a letra fazem parte de um passado, que somente os mais saudosistas gays de classe média parecem ter saudade ! (Acredito ser essa uma boa hipótese para se explicar o "esvaziamento" dos Jardins).
As baladas noturnas consideradas bacanas - onde historicamente os gays sempre se encontraram - são agora "Mix". Vá à Trash 80'S , à D Edge ou ao AmpGalaxy e você entenderá perfeitamente o que estou dizendo...
Um milhão de pessoas na rua fazem toda a diferença quando se quer discutir "Orgulho" e direito à diferença. A Parada se "desvirtuou" para alguns. É fato ! Mas ela também já cumpriu sua função primeira. Entra agora em outra fase. Quem disse que paulistano não sabe ou gosta de carnavalizar ? Que vendam-se abadás ! Um novo Reinado está chegando ! Sim, ele está ligado a Momo ! Há inversões para que novos territórios - híbridos essencialmente - sejam comquistados !
O arco-íris dos gays da classe média parece enfim começar a fazer sentido enquanto símbolo. Que ele também venha a colorir o mundo gay pobre....

THE QUEEN IS DEAD ! A RAINHA ESTÁ POSTA !

quarta-feira, junho 09, 2004

FRIENDS PICADINHO - PENÚLTIMO EPISÓDIO

(Atendendo pedido de Helen ...)


Lyara atravessa o corredor de quartos da casa de Helen e Anderson em direção ao escritório. Está vestida de roupa de praia, óculos escuro e canga. A porta está aberta. Entra . Edson está despachando com Ed.

-Oi Big. Vamos para a praia ?

-Agora num dá Ly. Daqui a pouco.

-Edson você só trabalha! Precisa descansar ...

- É precisa descansar chefe.

- Aí Ed ... quando você resolve me aconselhar tenho vontade de sair correndo... (Para Lyara) Cadê o Darlan ?

-É outro workaholic... Conseguiu uma entrevista exclusiva com o governador e foi almoçar com ele... (assusta-se) Edson, melhor sairmos. Vem Ed !

Parada na soleira da porta está a JapaGirl, noiva de Edson há mais de uma década !

- O que você está fazendo aqui ?

-Sou sua noiva, tenho direito de ficar com você !

- Eu disse que queria ficar sozinho com meus amigos...

-Suas irmãs acharam que eu estava no meu direito e em me mandei para cá !

Edson fica sério e grave:

-Vou chamar o Ed e vocês vão para o aeroporto !

-Não vou embora. Você pensa o que ?!

-Penso que eu me enchi de você e das pessoas que querem controlar minha vida !

-Sua família vai ficar furiosa....

-Problema deles. Acabou ! Não quero casar e você é muito chata !

-Você quer é viver descendo e subindo a Augusta ! Canalha !

-Quero sim ! E também quero que todas as “meninas” me chamem pelo nome. Qual o problema !

- Sem –vergonha !!!!

-Ed, Ed, anda logo....

Corta para a praia . Helena e Lyara estão conversando. Anderson está no mar surfando.

Helen perplexa:

Eu não acredito que ela veio até aqui. O Edson já tinha dado um barracon com ela porque não queria sua companhia...

-Pois é ! Mas ela tá lá, no seu escritório !!!!

-Aí ! Num vai sobrar nada ! Ainda bem que tem seguro contra furacão...

- O Edson é ponderado !

Chega Darlan. Só sorrisos ! Beija Lyara. Ela pergunta:

-E aí como foi lá ?

-“Menina” o governador me deu um furo sobre o turismo em Pernambuco .. A Globo-Ig vai adorar ... Vou pegar o lap top e bater a matéria agora...

-Darlan, você continua com o gás do começo da carreira – diz Helen – Nem parece que diretor de redação da Globo News-IG !

- Lyara ri : Ele é assim mesmo. O Jr fica passado com o pique do pai... Aliás, ele te ligou ?

-Ainda não. Também tô curioso !

-Devíamos ter ido juntos !

-Lyara deixa o garoto viver. Na nossa época também não queríamos companhia para estas horas...

Plano Médio em Anderson que segura a prancha e acena. Vem em direção a praia.

-Olha quem chega !

Márcio aparece.

_Olá queridos !!!! beija todos.

- Conta tudo Márcio !!!! Anderson curioso !

-Num vou ter a sua vida boa de reitor, mas virei secretário do audiovisual !!!

- Brasília é sempre bem-vinda ! Comenta Lyara.

-Para quem cara-pálida ? ri Márcio

Anderson fica sério:

-Aí meu deus !!!! Esqueci a reunião na reitoria.... por que você tinha que lembrar Márcio ? Agora é tarde ! Vou buscar champagne para comemorarmos seu novo cargo !!!!!

-Ah Anderson, por isso sua secretária ligou atrás de você ?

-Não me mata He... (faz biquinho) O meu repolhinho.....

- Você tá terrível. Essa mania de esportes radicais depois de “velho”,,,,, ri

- Abri uma empresa disto. Tenho que experimentar o que vendo... imaginou você vendendo comida sem nunca provar ???

Helen olha para Márcio:

-A casa ainda está de pé ?

-Olha Helen, a hora que cheguei o Big tava expulsando a noiva e o Ed....

Surpresa geral. Estão todos comentando. Edson chega.

-E aí Edson ? – perguntam todos quase ao mesmo tempo ?

-Não consegui perdoar ela por ter queimado minha segunda coleção de gibis. Chega ! Adoro ser solteiro !!!!!!

Vão todos em direção á casa. Entram pela sala de TV que dá para a praia. A empregada diz para Lyara e Darlan:

- O Jr ligou, reclamou que vocês não atendem celular !

-Aí meu deus Darlan !

-Vamos ligar !

Pega o celular ! Tempo.

-E aí filho.

-Sei.. duas notícias....

Darlan ri.

-Gasto esse dinheiro feliz. ! Tá bom.. Beijo e parabéns !!!!

- Fala com sua mãe....

-Lyara aflita: que houve , ele não conseguiu ?

-Lyara, o JR entrou na UNESP para fazer comunicação social .....

Risadas....

-Coitado dele ! – diz Anderson em tom de piada ...

A campanhia toca . A empregada vai atender ! Anderson diz:

-Deixa que eu abro. Busca taças e champagne para gente ! Vamos fazer uma tripla comemoração ..

-Tripla ? –pergunta Helen

-Ao cargo do Márcio, a faculdade do Jr e ao fim do noivado do Edson com a JapaMala !!!! – responde Anderson se dirigindo para o hall de entrada. Abre a porta e um sorriso :

-Não acredito !!!!! Você veio !!!! Que saudades ! Achei que tivesse esquecido .... – diz rápido e bem-humorado .

De pé, parado na soleira da porta a câmera focaliza.......














Pra terminar...

... que minha gripe passou e hoje estou empolgada: reservem o dia 10 de julho nas suas agendas.
Dia dos namôs

Dia 12 de junho é uma piada comercial de mau-gosto, não tenho a menor dúvida. Mas sei que os solteiros como André Amaral sempre se desanimam com a data.... entonces, acho que devíamos nos encontrar no sábado a noite. casados, solteiros e afins, e fazermos uma concentração pré-casamento. Podia ser uma pizza, algo assim. Que acham?
Perguntas

1) cadê o quarto capítulo do "Friends Picadinho"?

2) o que eu faço com meu vestido curto e decotado que pretendo usar no casamento domingo com esse frio todo? Parece que no finde a temperatura vai chegar a 8 graus!!!!!

terça-feira, junho 08, 2004

FURO DE REPORTAGEM!!!!!

Lyara acaba de me dizer, em primeiríssima mão, para qual direção irá jogar o buquê no próximo domingo. Com essa informação, meu 1,92m e envergadura de jogador da NBA, vai ficar fácil atropelar a mulherada e me garantir como o próximo da lista.

segunda-feira, junho 07, 2004

FOI AÍ QUE ELE DECIDIU PERCORRER O CAMINHO DE SANTIAGO...

Já que a minha insônia dá pequenas mostras de que está louca para desafiar o inverno e voltar a atacar, eu retorno a zapear a Sky nas madrugadas a procura de algo pra passar o tempo...

E várias vezes paro no Canal Brasil. Principalmente aos sábados à noite, horário reservado para o "Como era gostoso meu cinema", sessão exclusiva de pornochanchadas. Sábado passado eu quase morri de rir com "Os mansos", de Pedro Carlos Rovai, de 1973. Três histórias curtas, uma delas com roteiro de Lauro César Muniz.

O primeiro episódio era "B... de Ouro". Sandra Bréa (bem bonita, diga-se de passagem) fica passeando pela praia e encontra um cara que fica obcecado pelo seu bumbum. Segue atrás dela pelas ruas: "Deixa eu dar só uma passadinha de mão, vai?". Insiste. Oferece cinco mil cruzeiros para ela deixar. A Sandra Bréa é difícil e não topa, mas conta para o marido turco, José Lewgoy, que fica interessado no negócio. Diz para a mulher aceitar a proposta por quinze mil para ele pegar o dinheiro e investir na bolsa de valores. Conto o final se alguém estiver interessado...

... Porque o post era para falar do segundo episódio. Um rapaz é o corno do bairro, aqueles que até os vizinhos comentam. Ao por o pé fora de casa para trabalhar toda manhã, a mulher já abre a porta (e não só a porta) para o padeiro fazer a festa. Uma cena aliás, mataria Einsenstein de inveja. O padeiro está lá afundando a mão na massa de pão, batendo, mexendo de um lado para outro. CORTE. O padeiro está lá afundando a mão na bunda da moça, batendo, mexendo de um lado para o outro.

E o corno sofre! Uma hora ele resolve dar uma lição na mulher. Mete um tapa na cara dela e toma um chute nas partes baixas.

Quem era o ator? Com um jeitinho de hippie, cabelo na altura do ombro, um bigode que descia pelo lado da boca até fazer uma curvinha e candidato seríssimo à lista de piores interpretações da história.... Paulo Coelho. Sim. O próprio.

Acho que foi por isso então. Depois de ter sofrido tanto naquele episódio, ele deve ter sentado na margem do Rio Piedra e chorado muito. E depois decidiu percorrer o caminho de Santiago pra encontrar algum sentido para a vida... Acho que encontrou.

P.S. - Fui pesquisar depois sobre o filme e descobri que ele foi uma das maiores bilheterias brasileiras da década de 70. Quase três milhões de espectadores.

domingo, junho 06, 2004

Como estou muuuito rouco e não posso falar muito (oh!), vou colocar aqui, no destaque que merece, um comentário sobre nós feito pelo Youngster alguns post atrás:

"Eu descobri pq gosto tanto de ler as mensagens deste blog. É Dawsons Creek, com a diferença que conheço pessoalmente todos os atores.

Youngster Lucas | Email | 05-06-2004 15:13:31"


That´s all, folks!

anderson
Como estou muuuito rouco e não posso falar muito (oh!), vou colocar aqui, no destaque que merece, um comentário sobre nós feito pelo Youngster alguns post atrás:

"Eu descobri pq gosto tanto de ler as mensagens deste blog. É Dawsons Creek, com a diferença que conheço pessoalmente todos os atores.

Youngster Lucas | Email | 05-06-2004 15:13:31"


That´s all, folks!

anderson

quinta-feira, junho 03, 2004

Vampiro

Meus queridos,

Primeiro, quero explicar que os denomino de "queridos" porque de fato vocês representam em mim a "querência" ! De estar próximo, de amar, de querer bem....
Quando eu era apenas uma sombra de mim mesmo há muitos anos, vocês sem perceber me ajudaram a entender que na verdade eu era o meu próprio "anteparo". Tantas histórias vividas, tantos sonhos, medos, alegrias e tristezas compartilhados. Com mais ou menos proximidade, vocês estão presentes há quase dez anos e são referência forte e primeira quando eu penso na Amizade e o que ela representa na vida de um homem...
Eu não quero lutas, sanhas ou conflitos. ESTOU PROFUNDAMENTE CANSADO ! Não sou um homem de guerra, embora tenha ter que aprendido a ser um guerreiro para poder VIVER a vida....o mundo nos exige isto um dia... por mais que sejamos frágeis ou tenhamos grande dose de covardia, como é o meu caso !
Porém, não quero mais PERDAS ou DANOS ! Aos quase trinta anos, parafraseando Hilda Hilst (claro, eu tinha que citar) eu diria que "Não quero faca, nem queijo . Eu quero FOME!" E vocês próximos para ter com quem dividir todos os Banquetes que o mundo oferecer, mas os dias da miséria também !!!!!
Hoje eu oro para que Deus nos dê paciência, discernimento e humildade para sabermos cada vez mais como proceder !!!!!


Jorge Mautner

Eu uso óculos escuros pras minhas lágrimas esconder
E quando você vem para o meu lado, ai, as lágrimas começam a correr
E eu sinto aquela coisa no meu peito
Eu sinto aquela grande confusão
Eu sei que eu sou um vampiro que nunca vai ter paz no coração
Às vezes eu fico pensando porque é que eu faço as coisas assim
E a noite de verão ela vai passando, com aquele seu cheiro louco de jasmim
E eu fico embriagado de você
Eu fico embriagado de paixão
No meu corpo o sangue não corre, não, corre fogo e lava de vulcão
Eu fiz uma canação cantando todo o amor que eu sinto por você
Você ficava escutando impassível e eu cantando do teu lado a morrer
E ainda teve a cara de pau
De dizer naquele tom tão educado
"Oh! pero que letra más hermosa, que habla de un corazón apasionado"
Por isso é que eu sou um vampiro e com meu cavalo negro eu apronto
E vou sugando o sangue dos meninos e das meninas que eu encontro
Por isso é bom não se aproximar
Muito perto dos meus olhos
Senão eu te dou uma mordida que deixa na sua carne aquela ferida
Na minha boca eu sinto a saliva que já secou
De tanto esperar aquele beijo, ai, aquele beijo que nunca chegou
Você é uma loucura em minha vida
Você é uma navalha para os meus olhos
Você é o estandarte da agonia que tem a lua e o sol do meio-dia

PS - Vou pedir algo sério ! Se há pendências em relação a mim, sejam mágoas ou algo que vocês acreditam que seja importante dizer, por favor, manifestem-se, seja lá o que for ! Prometo que responderei e não guardarei mágoas !

Pingos nos is

Somos amigos e, pelo menos teoricamente, somos um livro aberto. Nem sempre, claro, porque a vida é bastante complicada, temos nossos pudores e interpretações pessoais que às vezes nos levam por caminhos nebulosos. Mas, enfim...

Não querendo fazer nariz de cera, e já fazendo, repito aqui uma coisa que digo sempre: sei que sou sincera demais e pago um preço alto por isso. Lá vou eu de novo pagar esse pedágio.

Depois de todas as indiretas, posts e coments sobre Fabio, ontem Anderson e eu conversamos com ele. Não chegamos a nenhum acordo. Ele acha que nós é que não ligamos mais para ele, que não respondemos sesus telefonemas. Eu acho, e minha consciência também, que não, que muitas vezes tentei manter contato e não rolou.

Esse post está sendo colocado aqui para explicar porque apaguei meu post das "indignações" e o post dele falando de telefonemas, endereçado, provavelmente, a mim.

Resumindo, proponho que lavemos essa roupa suja em casa. O Picadinho foi proposto para haver liberdade total entre nós, por isso não me envergonho de nada. Mas aqueles posts estavam ficando meio complicados e nisso faço mea-culpa, porque pareço intrasigente, mas sei reconhecer meus erros com certa facilidade.

Assim sendo, vamos nos entender, ou não, e não toquemos mais nesse assunto de modo indireto por aqui. Que seja direto. Ou deixemos o espaço para cinematografias, gastronomias e afins.

quarta-feira, junho 02, 2004

Proposta

Anderson é um preguiçoso. Ele tem as idéias e me pede pra colocar aqui. Pois bem. Pensamos em deixar de lado um pouco os eventos gastronômicos e nos dedicarmos a evento cinematográficos.
Propomos um ciclo de bons diretores em casas variadas.
Por exemplo: vamos todos para a casa de André Amaral ver um ciclo de Stanley Kubrick. Mas temos que ver todos, do começo ao fim. Claro que isso demandará um tempo enorme, mas assim acabaremos nos vendo mais.
Lyara e Darlan não precisam se sentir abandonados. Podemos fazer um dos ciclos em Copacabana, não será problema algum...

Que acham?

Ser paulistano é.. não ter opção nas eleições municipais

Política certamente causará muita polêmica nessas bandas. Não é a intenção. Esse post é só para falar da minha certeza cada vez maior de que, pela primeira vez na vida, votarei em branco.
Sei que os petistas históricos desse blog dirão que sou louca, despolitizada, etc e tal, mas na atual prefeita não dá pra votar. Não é só porque eu moro na parte central da cidade e demoro 1 hora e meia pra chegar em casa todos os dias, porque D.Marta se transformou num Maluf de saias.

É por notícias como a de que o atual secretário de educação tentou fechar a biblioteca Mário de Andrade e, em 3 anos e meio de administração petista, nenhum livro foi comprado para o acervo. Isso somando-se aos 8 anos de administração do original, quer dizer, do Maluf, que também não comprou nada e transferiu funcionários da saúde para lá podem dar idéia do caos. Maiores detalhes na Folha de hoje: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz0206200409.htm

Estive na Mário de Andrade no ano passado, procurando um livro do Ernest Gombrich. Doce ilusão. Não entrava lá há anos e fiquei chocada. Nem imagino a situação hoje. Tive que pagar uma mensalidade de R$900 para ter acesso á excelente biblioteca da PUC e ao tal livro. Quem pode pagar R$900 nesse país?????

Como pode uma administração petista, dita popular, fazer isso com a biblioteca central da cidade, com um acervo riquíssimo de antiguidades? Nada novo é comprado; nada velho é preservado.

Estou indignada. Nessa mulher eu não voto. No Serra eu não voto. No Maluf, sem comentários. O jeito vai ser o branquinho mesmo. Foda viver nessa cidade.

E não me venham com papo de que a Marta faz tudo pela periferia. Isso é uma das maiores mentiras de todos os tempos e é só ler jornal todo dia pra saber disso.