quarta-feira, março 31, 2004

O BURACO É BEEEEM MAIS EMBAIXO

Quer uma ótima análise dos últimos acontecimentos do caso Waldomiro Diniz?
Leia o Blog do Ricardo Noblat, ex-diretor do Correio Braziliense.
Depois dá uma lida no Paulo Henrique Amorim

Se tiver um tempinho, leia um texto do PHA sobre técnicas de golpe modernas.
EU, EU MESMO E EUVIRA (QUE INFAME!!!)

Prova de que você está ficando velho, chato ou viado (ou as três coisas), é quando vc não acha a menor graça em revistas como "Vip" e baboseiras do gênero e vira leitor assíduo da Vida Simples.
Adoro!
Não consigo lembrar de ter comprado três números seguidos de uma revista nos últimos anos, e a tal da Vida Simples quebrou a escrita.
Para quem não conhece, algumas chamadas de capa da última edição:
- Medite fotografando
- Hermógenes, o Yogue do Brasil
- CONTE ATÉ DEZ: Aja, mas pense bem antes de agir
- Granola caseira
- CONSCIÊNCIA CORPORAL: A eutonia ensina a usar o corpo com eficácia

A matéria principal é "SOZINHO E FELIZ: cada vez mais gente está só, mas isso não é o fim do mundo. Conheça as vantagens de ficar desacompanhado e aprenda a viver bem consigo mesmo."

Na matéria, um quadrinho com "10 dicas para viver só", tipo:
Invista em você o tempo que dedicaria a outra pessoa (preciso aprender urgentemente),
Aproveite para tomar decisões de última hora, pois o compromisso é só consigo (essa é a melhor de todas. Adoro fazer isso!!!),
Lembre que ninguém reclamou quando você largou a toalha molhada em cima da cama
Mas a mais engraçada é:
Quando sair sozinho, orgulhe-se da sua independência. E não se deixe levar pela fantasia de que os outros estão se divertindo. Isso é ilusão! (que horror...)

segunda-feira, março 29, 2004

PASSOU DO TEMPO, HÁ MUITO TEMPO, DE TROCARMOS AS DESCRIÇÕES DOS "INGREDINETES" DESTE BLOG !!!!
HAJA VISTO , HAJA MESMO, A MAIS NOVA -SEMPRE-PRESENTE AUSÊNCIA DE ANDRÉ AMARAL, DARLAN ALVARENGA JÁ PROVIDENCIOU SEUS TEXTOS OU O CASÓRIO NUM TÁ DEIXANDO TEMPO PARA ESTAS FUNÇÕES ?
SERÁ QUE UM DIA UM EU CEDO ?

A frase do fim-de-semana está em "Alguém tem que ceder": "EU NÃO SEI NAMORAR".. rs.. eu também não.... acredito não ser vocacionado para a área.. o genes da monogamia passou bem longe mim !

E teve o "Xingu" e reencontro com Fábio Uria - Fumal para a night- que tá óoooootimo !!!!

O lugar faz sentido e mexe com todos os seus também ... rs.... viagem de coca -cola light com sambambaia de plástico... não adianta querer fazer parte da decoração do lugar ! Lá ou você é ator - no sentido "levyniano" do termo - ou tá FORA !!!!!

PS_ Cheguei chegando e tive que me controlar para não sair saindo. Jacaré de brilhante querendo me morder, camisa de anjo Gabriel personalizada, corpus presentis e passadus e eu tendo que contar até 3 para me segurar.. cheguei em 2,99.. num sou mais o mesmo !!!!!

"VONTADE DE DANÇAR ATÉ O AMANHECER ..."

E a conclusão do Fim de Semana:

Se só de pensar que a ausência de alguém em sua vida isto lhe traz dor, solidão e saudade , acredite isto é AMOR !!!!!!

E chega de pieguismos.. estou muito folhetinesco nestes últimos dias !!!! Tá sobrando uísque com "Um só coração" na minha programação...
Meu irmão voltou

Meu irmão, que foi para o Japão há 14 anos, volta amanhã. Nesse momento minha mãe está em casa passando mal, por causa da ansiedade, afinal ela tem 68 anos. Na farmácia, o cara verificou que ela está com pressão baixa.

A mulher e a filhinha do mano véio, nascida há 27 dias, em 02/03/04, chegaram em casa ontem. Elas também vão ao aeroporto amanhã, recepcioná-lo. O vôo está marcado para chegar às 6h da manhã.

A minha ficha só caiu quando meu outro irmão ligou para avisar que a mamãe tinha passado mal de tarde. Desde às 16h eu não consigo me concentrar em nada, mas tenho que esperar passar a hora do rodízio pra ir pra casa, encontrar minha cunhada, minha sobrinha e minha mãe. Também estou muito ansioso. Vou rever o cara que me ensinou a fumar e a dirigir, meu herói de infância. Eu tinha 17 anos quando ele foi embora –agora estou com 31-, nem tinha entrado no quartel. Sei que hoje somos pessoas muito diferentes, ele tem até uma família nova, mas vou virar criança quando der um abraço nele.
Lá e de volta outra vez...

E aí, o que contam todos?

Estou voltando à terra, quer dizer, a este blog...




Próximo, por favor

Alguém ai se habilita a fazer a próxima reunião do picadinho? Porque a de março já não rolou, vamos acabar perdendo a de abril.... Esse negócio tá degriongolando....

sexta-feira, março 26, 2004

BIG EMOÇÃO

Certamente, não deve ser mesmo o melhor filme de Tim Burton, creio que And e Helen podem falar melhor sobre este ponto, mas
Sabia desde que li a sinopse que "Big Fish" tinha uma grande chance de me levar às lágrimas. Foi o que aconteceu...
Venho de uma família simples em que eu sou o "Grande peixe".. sou eu que sempre tenho histórias extraordinárias para contar....
Dos meus avós paternos sempre ouvi lembranças, histórias de trabalho e luta, de quem escolheu vencer as adversidades e nunca reclamar do destino ou da vida.
Porém, na última noite em que meu avô falou, contou-me em detalhes - quase todos - a sua história... de como conheceu minha avó, da primeira vez que olhou para ela e lhe disse que só a beijaria se fosse para se casar....do dia em que escondido mandou que costurassem o vestido de noiva para ela...e lembrou nome a nome dos padrinhos daquela secreta cerimônia....(suspiro)...
Só não me contou a história toda porque mais uma vez, mesmo em seu leito de morte provou que era um cavalheiro... a tatuagem com suas iniciais e de minha avó estavam lá para lembrar todos os dias o amor que sentia.. maior aliança não houve... ele não precisou apagar a marca como ocorre com tantos casais hoje em dia...
Quando no filme o médico lembra ao filho o seu nascimento como de fato ele ocorreu, percebe-se a perda do encanto. "Um homem acaba por se tornar suas histórias maravilhosas"... eu creio nisto....
Se pudesse hoje contaria mais histórias a meu avô e sem muito me preocupar com fanatasia dos fatos.....somente no hospital percebi, quando ele contava para médicos e enfermeiros, o quanto ele se orgulhava de ter um neto jornalista.... rosas que não dei , histórias que não contei, e beijos que só descobri que estava autorizado a dar em sua face quando já estava quase na hora de sua partida.... demoramos tempo demais para dizermos aos nossos ascendentes o quanto o amamos....
Afinal, Big Fish, como se vê em seu funeral, não aumentou, mas apenas reoordenou os acontecimentos para que eles se tornassem mais interessantes e fizessem mais feliz seu filho.. quem conta um conto.....
E em um dia como hoje, quando acordo com minha avó, a viúva, ao telefone com uma energia e uma vontade de viver que lhe fazem parecer ter 18 anos, quando na verdade tem 85 ainda penso que VIVER, apesar de muitas adversidades, FAZ SENTIDO !!!!!
É BACANA FALAR BACANA

Só hoje me dei conta que há algum tempo troquei a frase "Eu detesto" ou "Eu odeio", muito recorrente em meu palavriado no ano passado, por "BACANA".
Acredito que na verdade eu tô é com a sensação que a vida é que está BACANA , por isto ando repetindo tanto esta palavra....
(Acredito que aquela fase chateado-pessimista que marcou minha existência até pouco tempo foi-se....ando prenhe de sonhos, projetos e idéias.. sentindo-me vivo !)
Que bom ! Tava precisando desta sensação !!!!!

"Estou preso à vida e olho meus companheiros,
Estão todos taciturnos, mas nutrem todos
Grandes esperanças..."
Casar é....

Ficar feliz e depois ficar preocupado.
Contar para os pais e receber reações alegres.
Contar par os amigos e receber reações diversas!
Ter vontade de ter uma casa inteirinha nova.
Procurar essa tal casa por váááriiiioooossss finais-de-semana a fiu.
Ver apts. péssimos e se assustar, outros ótimos e não poder pagar e mais alguns maravilhosos mas ter que arriscar ser vizinho do morro!
(Por enquanto nenhum satisfez)
É planejar um almoçinho e ter um montão de gente para chamar.
Fazer contas meio absurdas sobre vinho, flores e cadeiras.
Sonhar com presentes.
Passar pelo stress de ter que explicar para os seus pais que o casamento é seu e não da família inteira.
Ter que ir no cartório.... (pensei em passar uma procuração)
É falar sobre o assunto o tempo todo!
Fazer listas e mais listas...
Pensar num vestido impossível, em músicas mágicas e comida gostosa..
É preparar um monte de papéis.
É ter vontade de fugir e já voltar casada!
Mas acima de tudo é ficar alegre e animada com tudo isso e ter com quem compartilhar!
40 anos do golpe

Não demorei 18 anos como o Elio Gaspari, mas gastei os meus últimos 10 dias mergulhado na pesquisa e resgate dos dias que levaram o País a mergulhar numa ditadura de 21 anos. Li dois livros - o primeiro do Gaspari e a biografia de Jango que acaba de ser lançada - e conversei com praticamente todos os protagonistas de 64 que ainda estão vivos. Só o Brizola e o Arraes não quiseram falar comigo.

Não podia fazer como o estudante da última crônica do Zuenir Ventura que liga para a pessoa e pergunta "Como que era aquela coisa toda?" ou então "Faça um resumo do seu livro ou daquele dia".

Confesso que sabia muito pouco da história de 64 e saí desses 10 dias entendendo um pouco melhor a história da nossa tragédia.

Para quem se interessar. O texto é longo, mas ainda é mais curto que um livro.
O dia que o Brasil virou uma ditadura
Questão

Perguntinha ao futuro casal casado: Lyara Oliveira acrescenterá o Alvarenga ao seu nome?

quinta-feira, março 25, 2004

Tentando criar um Hell no Brasil

Só descobri hoje a reportagem da AOL As loucas baladas dos paulistinhas endinheirados.

O texto já anda correndo até pela internet. O texto é ótimo - mais divertido do que chocante -, mas trata-se de uma obra de ficção. Ainda que tudo o que está lá escrito exista e aconteça, qualquer um que é ou já foi repórter não consegue acreditar na espontaneidade de nenhum daqueles depoimentos. O roteiro torna-se inverossímel de tão perfeito.

Está óbvio que a pauta era tentar mostrar no Brasil o mundinho descrito no livro Hell, da patricinha francesa. Como neste tipo de matéria os nomes são fictícios, quem é que vai poder contestar?

O resultado não deixa de ser interessante. É uma boa obra de ficção baseada em fatos reais...


Polêmica alemã

Não tenho ido muito ao cinema, mas queria colaborar com as discussões cinéfilas. Já ouviram falar da atriz alemã de 23 anos Sibel Kekilli, que quase foi premida em Berlim (http://www.germany-info.org/relaunch/culture/new/cul_berliniale_2004.html), mas descobriram que ela foi atriz pornô (http://www.sibelkekilli.com/)? A história toda está no Nominimo, na coluna do Pedro Dória.

Parece que hoje ela vive escondida (http://cinema.terra.com.br/interna/0,,OI269190-EI3250,00.html).

quarta-feira, março 24, 2004

SÓ FALTOU O SOFÁ

Ao contrário do que publicou a Ilustrada de hoje, na festa de 6 décadas de carreira da Hebe só faltou o sofá.
A Folha, que só para variar errou ao publicar que a loira "trabalhou na Extinta TV Record..." - (já avisaram o Bispo Macedo que sua TV não existe mais ?).
Para a loiruda tiro o meu chapéu, embora eu saibaque este seja um quadro do programa "Raul Gil".
Hebe passou intocável e inabalável por todos os momentos da conturbada vida brasileira desde que seu rosto apareceu a primeira vez na TV brasileira para inaugurá-la em 18 de setembro de 1950.
Seu sofá é o grande divã que ao lado da revista Veja e da novela das "8" da Globo funcionam como verdadeiros termomêtros dos medos, desejos e dúvidas da classe média brasileira.
Com seu tom familiar vendeu sonhos, protestou, comentou e fez fofoca. Exemplo clássico do que todo comunicador deveria ser. Com hebe não há empafia ou posição de superioridade. Ela é capaz de se comunicar com qualquer público, ao contrário da maioria de seus "cultos" críticos.

terça-feira, março 23, 2004

O aparelho de jantar ou o faqueiro

O que daremos de presente de casamento ao casal dono do melhor índice sexual da América do Sul? A noiva pede um faqueiro ou um aparelho de jantar... que acham? Voto no aparelho de jantar, bem bonitão - só não dá pra ser da Daslu Casa porque agora sou artonôma e nóis não tem esses luxo.

segunda-feira, março 22, 2004

Quem diria....
O Índice Darlan está bem abaixo de outros mercados, segundo o UOL.
Os alemães põem o Índice Darlan no chinelo

sexta-feira, março 19, 2004

Será ?
Quando leio notícias sobre a elevação da INSS pelo governo Lula começo a achar que Regina Duarte tinha razão em ter medo do que poderia acontecer com o país.
Emprego que é bom, juros mais baixos ou incentivos à produção não existem. A moda do PT é lançar projetos e programas que não saem do papel,, eu que achava o governo de FHC demagógico....
Show de Horrores o que vem acontecendo com o Planalto nos últimos 40 dias
A baixo a caretice inglesa!

Esse povo deve ser o mais louco que habita o nosso mútiplo planetinha! Sem dúvida estão entre os mais irreverentes e reacionários do mundo. Agora estão polemizando a respeito a escolha das obras de artes que ficarão expostas numa praça centenária (Trafalgar Square). A maioria conservadora acha que não "pega bem" colocar num espaço público de 150 anos uma escultura contemporânea... Oh oh oh... ainda mais sendo uma escultura de uma deficiente física nua e grávida ( do artista MArq Quinn) ... oh..oh..oh... Já está até gerando disputas políticas!!! As artes plásticas causam polêmicas desde sempre, mas nesse caso tem cheiro de preconceito e caretice. Em tempo, achei a escultura algo de espetacular, pela peça e pela retratada que tb. é uma artista plástica controvertida (Alison Lapper). Uma pena que não tenhamos fotos aqui.
Novidades?

Darlan e Lyara, e as novidades do casório? O povo internauta que acompanha o evento desde o início quer saber....
O DIA EM QUE STEPHEN KING ARRANCOU A CABEÇA DE J.K.ROWLING

A MTV Brasileira finalmente está passando um dos programas mais toscos e divertidos da história da cultura pop. Celebrity Deathmatch já passa há quatro anos na MTV americana e é motivo de sucesso e polêmica.

O programa é uma animação em massinha com lutas entre duas ou mais celebridades, sendo que obrigatoriamente uma tem que morrer no final da luta. É hilário e muito violento!!!

E o arbitro das lutas é Mills Lane, o mais famoso juiz de boxe da história.
O negócio começou com lutas entre figuras pop, como Michael Jackson x Madonna, ou Leonardo di Caprio x Jack Nicholson, Os Três Tenores x Os Três Patetas, ou mas depois descambou para figuras políticas, como George W. Bush, e até históricas (tem uma luta entre Gandhi e Gengis Khan e outra entre Roberto Benigni e Benito Mussolini!!!!).
Conheci o programa quando estava em Miami, cobrindo uma corrida para o JT. Liguei na MTV e eles estavam mostrando uma maratona do programa. Fiquei viciado e baixei algumas lutas pela internet.

Uma delas é hilária, com Tiger Woods enfrentando Andre Agassi. Termina com o Agassi matando o golfista ao pegar uma máquina de lançar bolinhas de tênis. Ele mira no cu do Tiger, que vai se enchendo de tanta bolinha e morre!!!!
No site da MTV americana, dá para ver alguns trechos de umas lutas. Na semana passada, eles mostraram uma entre Rowling e Stephen King. A mãe do Harry Potter mata o mestre do terror com um raio que atravessa a barriga dele, mas a perna do Stephen se solta, vai atrás da mulher, e acaba com a luta depois de arrancar a cabeça dela com um chute. (Mills Lane decreta vitória da perna do Stephen King). Outra tinha Macaulay Culkin contra o menino do sexto sentido, que ficava provocando o loirinho dizendo que ele nunca ia ser um indicado ao Oscar.

Bem que a MTV brasileira podia me chamar pra fazer uma versão nacional do programa. Ia ser hilário fazer umas lutas tipo: Bombeiro x Eike, Vanderlei Luxemburgo x Marcelinho Carioca, Maria Clara x Laura, Zé Pequeno x Pixote...


Na imagem, a luta entre as Spice Girls e o Hanson!

quinta-feira, março 18, 2004

Coisas do casamento

As pessoas normalmente usam o Messenger para bater-papo, trocar idéias, atualizar as conversas, etc e tal. Enquanto isso eu quase usei o Messenger hoje para avisar o Anderson de que o aspirador de pó está com problemas...



Vê se pode!!!!

André Amaral no perfil dele no NOTAS TOSCAS: "... bla bla e bla. Também escreve no Clube do Picadinho."

Quem vê até acredita...

E ai, magagada, ninguém gostou da idéia da feijoada em São Bernardo não??????

quarta-feira, março 17, 2004

Perdoai ó Pai porque ele SABE sim o que está fazendo

Assisti ontem na cabine "A Paixão de Cristo", de Mel Gibson.
Em uma palavra o filme é um LIXO. Faria Cecil B. de Mille parecer um gênio cinematográfico. Aliás, a produção parece ter sido realizada na década de 40 e por vezes beira o patético. Tudo é óbvio e pior, em um momento absolutamente difícil para o equilibrio da paz entre as religiões do mundo, insufla as velhas richas entre judeus e católicos.
Para Gibson ótimo ! Esta é a estratégia de marketing que ele está usando para arrastar multidões ao cinema com um filme que é para lá de ruim, mas e para este velho mundo, tão carente de boa-vontade mútua nas relações pessoais entre povos ?
Sem falar que é uma sangria gratuita. O enfoque dado é sinal claro que o "católico fervoso e conservador", que não aceita sequer as decisões do Concílio de Trento nada compreendeu sobre a maior lição deixada por Cristo: amar uns aos outros e perdoar sempre....
Gibson não conseguirá nem conquistar um lugar no Inferno com o filme.... o diabo já avisou que não quer sócios americanos. Infelizmente, fará sucesso junto ao público mais desinformado e preconceituoso, como sempre....

VOLTEI

Olá Picadinhos,

Voltei ! Desculpe, estou sendo abduzido por tantas matérias e pautas.. rs
O profissão viciante da porra. ganha-se mal e ainda assim você insiste em trabalhar !!!!
Cobranças...

Esse povo não se manifesta!!! Márcio e Anderson podiam escrever sobre suas inpressões about o encontro bauruense. O Fábio não cumpriu o prometido: cadê a crítica do show do Fat Boy??? Amaral está em falta com os novos perfis!E o Edison pode postar e não só comentar.

terça-feira, março 16, 2004

Parece que é o jeito

Como parece que po único tema que dá ibope aqui nessas bandas é cinema mesmo, eu não gostei de "Big Fish". O Tim Burton já fez coisa muito melhor. E tenho dito...

.. quem sabe assim o povo se anima

segunda-feira, março 15, 2004

O saldo

Algumas considerações breves:

1) Puta que pariu, Bauru é longe demais! São 9 pedágios (que totalizam absurdos R$53) e uma Rondon reta com muitos buracos. Como a gente aguentava ir e voltar pelo menos 1 vez por mês?

2) O churrasco foi muito bom. Pessoas muito animadas, o papo foi ótimo. Falando sério, me diverti horrores. Os picadinhos que não foram teriam curtido.

3) Bauru é uma cidade porre. Aquilo lá não muda, tem sempre a mesma cara. Seria muito complicado voltar a morar lá. Fora os fantasmas que insistem em atormentar... o breu de sábado que o diga, né Edson e Márcio e Anderson?

4) Uma cidade em que se pega um congestionamento de 1 hora por cauda de uma festa country não merece grande consideração.


Acho que é só. Por enquanto.


sábado, março 13, 2004

...E....enquanto isso na cidade sanduíche....(??????!!!!!!!!!!)

sexta-feira, março 12, 2004

Para quem gosta de teoria da conspiração

Se a autoria do atentado de Madri foi da Al-Qaeda ou do ETA ninguém sabe ainda e duvido que seja confirmado algum dia - para quem não se lembra, a Al-Qaeda fez menções e citações, mas nunca admitiu oficialmente o 11/9 -, mas os numerólogos da teoria da conspiração já fizeram cálculos reveladores.

Vejam só:

Há uma coincidência numérica ao comparar os atentados de Madri (11 de março) com os ataques terroristas contra os Estados Unidos em 11 de setembro de 2001: um lapso de 911 dias entre as duas tragédias. Nos Estados Unidos os ataques são conhecidos como 9/11. O 9 corresponde ao mês de setembro. O 11, ao dia dos ataques. Na mesma linha, os atentados em Madri ocorreram também num dia 11, exatamente dois anos e meio depois dos ataques terroristas nos EUA.

Quer mais coincidência? Se os atentados em Madri não sensibilizaram a Helena, este crime em Campinas com certeza vai: Onze gatinhos foram alvo de uma matança intencional numa única rua do Jardim Santa Genebra, em pleno 11 de março, vítimas de envenenamento pelo popular “chumbinho”.
"1,99 - Um Supermercado que Vende Palavras"

Lembram-se do Marcelo Masagão, do Nós que aqui Estamos por Vós Esperamos? Na próxima segunda-feira estréia no Unibanco Arteplex seu novo longa "1,99 - Um Supermercado que Vende Palavras". No website do filme www2.uol.com.br/umnovenove tem trechos do longa e dá para ter uma idéia da viagem. Foi criado um supermercado todo branco com prateleiras brancas, só com produtos brancos, sem embalagens, apenas com incrições de palavras, idéia e ideologias à venda. Por ele só circulam pessoas vestidas de branco, com algumas incrições ou tatuagens na roupa ou na pele. Mais uma vez o filme não têm diálogos, apenas - de novo - a trilha do compositor belga Wim Mertens.

Os trechos que vi na internet achei uma mistura de propaganda da Intelig com performance de videoarte. Mas quero ver. Gosto de me aventurar em coisas esquisitas...

Para quem se interessar, estão disponíveis alguns convites - com direito a acompanhante - para a pré-estréia. Basta procurar o Chiquinho (xikino2@uol.com.br) ou ir retirar à Rua Capitão Prudente 212 conjunto 1, Pinheiros, São Paulo, das 10h00 às 18h00.

quarta-feira, março 10, 2004

Os anos

"Naquele verão, quando tinha dezoito anos, parecia-lhe que tudo podia acontecer, qualquer coisa. Parecia-lhe que poderia beijar seu circunspecto e imponente amigo à beira do lago, que poderiam dormir juntos, numa estranha combinação de luxúria e inocência, sem se preocupar com o significado daquilo tudo, se é que tinha algum. Foi a casa, no fundo foi ela, pensa. Sem a casa, teriam continuado sendo, simplesmente universitários, que fumavam baseados e discutiam nos dormitórios. (...) Talvez não haja nada, nunca, que possa se equiparar à lembrança de ter sido jovem junto com alguém."
As Horas de Michael Cunningham

Desculpem mas não resisti a esse clima de nostalgia e copiei esse trecho que eu adoro. Parece ter sido escrito sobre nós. Espero que seja divertido lá em Bru.
o rio de janeiro continua lindo!!!

segunda-feira, março 08, 2004

Nostalgia pura

Esse negócio de ir pra Bauru no próximo finde está me deixando deveras nostálgica. Acabei de passar 1 hora e meia contando pra minha chefe nossas peripécias em Bauru (a parte publicável, claro). Ela também morou fora na época da faculdade, nos divertimos muito.

Lembrei de mim mesma voltando de uma festa no cemitério até meu apê na Virgilio Malta, sozinha e bêbada às 4 da matina. Não me aconteceu absolutamente nada....

Ai, como era bom. Se tivessem me avisado que aquela vida era tão boa e essa de agora tão chata, eu tinha feito uma faculdade a mais.... E teria feito vcs emendarem junto comigo.

A cidade no meio do nada será eternamente a terra do nunca pra todos nós. Não por ela, mas pelo que ela significou (olha a semiótica atuando sobre a minha pessoa).

domingo, março 07, 2004

De onde vem a calma...

Mantendo minha média de um a cada três meses, fui ver ontem mais um show do Los Hermanos (o último havia sido no reveillón, em copacabana).

Uma coisa que me impressiona na banda é o quanto eles vem aumentando o número de fãs seguindo uma carreira absolutamente coerente. Fizeram um primeiro disco pela Abril Music, que obrigou os caras a fazer uma "música de trabalho" para tocar no rádio. Eles fizeram Ana Júlia, uma pérola pop.

Mas fazer aquilo definitivamente não era a deles. A banda mudou o rumo completamente em "Bloco do Eu Sozinho", a gravadora odiou, ignorou o disco, mandou os caras pra rua e depois faliu. No disco seguinte, "Ventura", nenhum refrão! e o mesmo tom melancólico do anterior.

Lembro que conversei com uma amiga sobre Los Hermanos uma vez e ela desceu o cacete na banda. "Eles poderiam ter gravado um monte de músicas legais como Ana Júlia e iam ser uma das maiores bandas do país". Fiquei lá pensando se realmente vale a pena ter sucesso fazendo uma coisa que você não gosta... mas nem levei a discussão adiante. Odeio argumentar!

O Los Hermanos até poderia ter feito 10 Anas Júlias ou virado uma banda imbecil como os Charlie Browns da vida, mas fez seu caminho. Resultado: No Directv, em setembro, quando fui ao lançamento do disco, 1600 pessoas. Ontem, lotação esgotada (3000) e gente do lado de fora. E ao mesmo tempo, um negócio quase cult, tipo o público jogando confete e serpentina na banda em "Todo Carnaval tem Seu Fim".

Quem não conhece bem a banda e foi ver o show, deve ter odiado, como dois amigos que foram comigo. Mas Los Hermanos é pra se conhecer aos poucos. Você ouve uma vez e acha estranho, ouve duas, três, quatro, cinco, pega o jeito e quando vê, está viciado.

Minha favorita atual é "De onde vem a calma"

De onde vem a calma daquele cara? /
Ele não sabe ser melhor, viu? /
Como não entende de ser valente /
ele não sabe ser mais viril /
Ele não sabe não, viu? /
Às vezes dá como um frio /
É o mundo que anda hostil /
O mundo todo é hostil //

De onde vem o jeito tão sem defeito /
que esse rapaz consegue fingir? /
Olha esse sorriso tão indeciso /
Está se exibindo pra solidão /
Não vão embora daqui /
Eu sou o que vocês são /
Não solta da minha mão /
Não solta da minha mão //

Eu não vou mudar não /
Eu vou ficar são /
Mesmo se for só, /
não vou ceder /
Deus vai dar aval sim, /
o mal vai ter fim /
e no final assim calado /
eu sei que vou ser coroado rei de mim

sexta-feira, março 05, 2004

Na próxima encarnação quero nascer Jorginho Ginle!!!!!!! Só isso.
A NÁUSEA II
Como "apostei" na semana passada....rs

Heloisa Helena quer ajuda do STF para instalar CPI dos Bingos
13h38 - 05/03/2004


BRASÍLIA (Reuters) - A senadora Heloisa Helena (sem partido-AL) disse nesta sexta-feira que vai recorrer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa e, se necessário, no Supremo Tribunal Federal (STF) da decisão dos partidos da base governista de não indicarem representantes para a CPI dos Bingos.

"Vou recorrer da decisão para que se analise a constitucionalidade da decisão dos líderes", disse a senadora nesta manhã.

O requerimento para a CPI dos bingos foi protocolado na quinta-feira, mas os líderes dos partidos governistas decidirão bloquear seu funcionamento não indicando representantes. O governo teme que o ex-assessor da Presidência Waldomiro Diniz se torne o foco principal das investigações.

Subordinado ao ministro José Dirceu (Casa Civil) no ano passado, Waldomiro foi flagrado em uma fita de vídeo pedindo a um empresário do jogo, em 2002, dinheiro para si e para a campanha de candidatos a governos estaduais.

As ações prometidas por Heloisa Helena, no entanto, devem ter poucos resultados práticos, já que o bloco aliado ao governo conta com maioria na CCJ do Senado. Na outra frente, o Supremo Tribunal Federal, em momento de discussão da reforma do Judiciário, não deve querer interferir numa questão interna do Congresso.

Além disso, deixar de indicar representantes para barrar CPIs não é uma prática nova, já tendo sido usada em outras ocasiões, como na CPI das empreiteiras, no governo passado.

Ainda assim o senador Pedro Simon (PMDB-RS), que é da base mas assinou o requerimento da CPI, já solicitou à Mesa do Senado a análise de, em caso de "omissão dos partidos políticos", os integrantes da comissão parlamentar de inquérito poderem ser indicados pelo presidente do Senado.

Sarney afirmou nesta manhã, ao chegar no Congresso, que não vai se sobrepor à decisão das lideranças dos partidos que não indicarem nomes.

"O regimento não tem nenhuma omissão. Diz que as comissões são compostas por indicação das lideranças", disse o presidente a jornalistas.

Nesta manhã, o senador Ney Suassuna (PMDB-PB) fez no plenário a leitura do requerimento para instalação da CPI. Os partidos tem dois dias para indicar seus representantes na comissão.

(Natuza Nery)

terça-feira, março 02, 2004

E o Oscar.... Adorei estar com os amigos. Mas que chatisse de cerimônia!!! Não teve nenhuma zebra, nenhum prêmio para o Brasil e Sr. dos Anéis levou tudo, merecidamente mas tb. tediosamente. Niguém deu vexame ou apareceu com roupa esdrúxula. Enfim nem um showzinho para animar, tudo curto e grosso. De diferente só o Peter Jakson que nem para premiação tomou banho!!! E só para não deixá-los esquecer... ganhei eu a aposta, então vc. me devem algo. Para mim e para amiga do Anderson e da Helen empate com 17 pontos cada.

Ah! Alguém conseguiu responder a pergunta chave do domingo:
ONDE FOI PARAR O AMARAL???????<strong>
Genial

Zé Simão na Folha de hoje: "...E em nome de todos os brasileiros eu digo: esse Zé Pequeno é muito frouxo. Devia ter invadido o palco: 'Passa esse Oscar pra cá!. Meu nome é Zé Pequeno!' "
Ironia

Hoje começaram minhas aulas na PUC. E qual será o primeiro texto que terei que ler? Para fazer um seminário para a Lucrécia Ferrara? Sergei Eisenstein. Que coisa....

segunda-feira, março 01, 2004

Ãh, claro....depois de muito pensar entendi:

ZÉ PEQUENO DOESN´T SPEAK ENGLISH, ENTENDEU MERMÃO ??!!!!
CAROS, AJUDEM-ME A RESPONDER A PERGUNTA ABAIXO

Eis o porquê de Hiro querer meu e-mail. Palavras, diz o senso comum, o tempo leva. Para alguns parece que reverbera.
Adianto apenas que a minha vida é plena e não tem nada de "semi-besta" !!!

Subject: uma dúvida - muito importante!!!

Márcio,

Tudo bem? Espero que sim.

Preciso muito tirar uma dúvida e só você pode me responder. Você se
lembra da festa de aniversário da Camila e da Alita? Foi a última vez
que nos encontramos e você me disse algo que fiquei remoendo até agora.
Na rodinha que formamos (Fabíola, Ciça, você e eu) começamos a falar, de
repente, sobre sexo e sedução. Quando fui fazer minha primeira
intervenção, você me cortou e disse: "HIRO, VOCÊ NÃO CONTA, PORQUE VOCÊ
É CAFÉ COM LEITE".

O que você quis dizer com isso?

Hiro

Quem se candidata a explicar ???
É DIVERTIDO SER CONTROVERTIDO !!!!!
O MELHOR É ME PERGUNTAREM AFINAL QUAL O MEU GOSTO E EU PODER RESPONDER: "A FIRMEZA SOMENTE NA INCONSTÂNCIA" !!!!!
TINHA CERTEZA QUE O POST DO OSCAR IA ACIRRAR OS ÂNIMOS !!!! SÓ ISTO NOS RETIRA DOS NOSSOS RESPECTIVOS PEDESTAIS HOJE EM DIA !!!!!
CPI da Luma

Que Waldomiro, que nada. A maior crise do governo Lula foi implodida nesta segunda-feira com a revelação de que a gravidez de Luma de Oliveira não passou de uma farsa. Uma farsa para salvar o casamento com o marido ciumento possessivo.
Sendo a Luma a maior doadora pessoa física da campanha do Lula, considerando que foi ela o assunto mais importante de todos os camarotes, bares e rodas de carnaval, que a Mocidade de Padre Miguel e todos nós brasileiros ficamos sem poder ver a musa desfilar, que o risco-País não parou de subir e que até a boa notícia - a separação de Eike - também pode ser uma farsa, defendo que desde já sejam colhida assinaturas para a instalação da CPI da Luma no Congresso e a convocação do cidadão coleira Eike para depor. Ele deve satisfações não só a Luma, mas a sociedade. Não se desfalca um desfile assim e se estraga a maior festa popular do País sem algum tipo de punição e esclarecimento público.
Coleira no Eike!