quarta-feira, março 10, 2004

Os anos

"Naquele verão, quando tinha dezoito anos, parecia-lhe que tudo podia acontecer, qualquer coisa. Parecia-lhe que poderia beijar seu circunspecto e imponente amigo à beira do lago, que poderiam dormir juntos, numa estranha combinação de luxúria e inocência, sem se preocupar com o significado daquilo tudo, se é que tinha algum. Foi a casa, no fundo foi ela, pensa. Sem a casa, teriam continuado sendo, simplesmente universitários, que fumavam baseados e discutiam nos dormitórios. (...) Talvez não haja nada, nunca, que possa se equiparar à lembrança de ter sido jovem junto com alguém."
As Horas de Michael Cunningham

Desculpem mas não resisti a esse clima de nostalgia e copiei esse trecho que eu adoro. Parece ter sido escrito sobre nós. Espero que seja divertido lá em Bru.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial