quarta-feira, maio 24, 2006

"Ele está pra chegar..."



Caros, eis a primeira imagem da capa do meu livro. A sensação é a de gravidez mesmo. Sei lá, algo assim, visto que nunca ficarei grávido, por motivos óbvios. Sendo assim, essa imagem é como se fosse um ultrassom... Brevemente, terei a data de lançamento e aviso a todos.
Comemoraremos a isso!!!
Bjs, Anderson



terça-feira, maio 23, 2006

MASMORRA, TOALHAS E VIA DUTRA

De novo, eu com meus sonhos. Vivo tentando encontrar alguma explicação ou interpretação convincente, mas não acho nada.

O de hoje foi simplesmente genial.

Estava dentro de uma igreja, assistindo a uma missa (coisa que não faço há uns 10 anos). Missa meio estranha, com caráter de homenagem pra algum morto importante. Tinha até um ar político, como se fosse um protesto. Tanto que, em um momento, um padre começou a acender umas velas em homenagem a algumas pessoas.

Quando elas estavam todas acesas, apareceu um chefão da igreja, daqueles que dão medo, tipo o Cardeal Richilieu daquele desenho que o Dartagnan era um cachorro...






O tal cardeal chegava, todo mundo ficava em silêncio. E ele começava a apagar as velas, uma por uma, para revolta silenciosa dos presentes.

Silenciosa não! Eu me indignei.

- Filho da puta – gritei.

O cardeal se virou pra mim, me puxou pelo braço e disse:

- Você vem comigo.

Todos os presentes me olham com cara de ‘coitado-esse-vai-se-ferrar-muito”

Aí eu fiquei tentando convencer o cara de que eu tinha razão, etc, mas não teve jeito. Fui condenado a dois meses na masmorra. Acordei tentando fugir dos guardas que queriam me levar pra lá.

Nas últimas semanas, tive outros bem estranhos. Um em que minha ex-terapeuta fazia uma sessão comigo no banheiro (eu pedia pra ela me passar a toalha e ela ficava lá ouvindo minhas coisas do outro lado do box). E outro em que eu me dava conta que tinha que voltar do Rio de Janeiro pra São Paulo de carro às 18h do dia 31 de dezembro... E não achava a chave do meu carro...

terça-feira, maio 16, 2006




















A viagem dos sonhos:
ParisBerlinLondres
e mais um pouco de Paris

Já estou de volta em casa, Darlan foi trabalhar mais tarde e ate fez almoço para mim. Foi ótimo voltar e vê-lo me esperando tão cheio de saudades. E o almoço....hum.... arroz, feijão, saladinha fresca e bife!!! Imaginem que eu fiquei um mês sem um bifinho....A viajem de volta foi tranqüila. Passei direto na alfândega graças a Deus.... alias Deus foi muito generoso comigo nesses dias não me aconteceu nada de mal e encontrei pessoas gentis e solicitas por onde passei. Tudo deu muito certo.

Fui a quase todos os lugares que queria, passeei muito. Foi uma imersão cultural. Quase uma overdose.

Gastei bastante, mas dentro do esperado. Não comprei tudo que queria pq achei as coisas caras, pq a maioria não e muito melhor do que temos aqui e tb. por falta de tempo. Não da para passear, fazer programas culturais, se divertir e ainda fazer compras! Acabei dando preferência para os programas culturais e a diversão. Como meu pai sabiamente aconselhou, tratei de aproveitar o tinha de melhor lá, já que nesse mundo globalizado temos tudo no mundo todo, e a maioria das coisas são MADE IN CHINA!!!!!...rs...

Então curti bastante as pessoas que reencontrei e novas que conheci e os lugares que visitei. Bebi muito e comi mais ainda, foram vinhos franceses e espanhóis (que estão na moda), cervejas alemãs e inglesas, drinks mais fortes nas noites Londrinas, pães inigualáveis, queijos variados, presuntos, salames, salsichas, doces deliciosos, yogurtes cremosos e batata, muita batata de todos os modos! Felizmente os longos dias de primavera proporcionaram oportunidades de queimar as calorias extras.

Em abril passei por emoções tristes e saudosas, porque não importa onde estejamos nossos sentimentos nos acompanham. Me alegrei pensando que meu irmao devia estar gostando muito de me ver nessa aventura no Velho Mundo, onde quer que ele estivesse.

Alguns dos melhores momentos foram passados dentro dos museus vislumbrando as obras que formaram minha cultura histórica e artística, descobrindo os segredos e detalhes que só podem ser conhecidos quando apreciamos a obra pessoalmente. Outros deliciosos passei enquanto andava pela rua despretensiosamente, ou me deitava para descansar num parque ou quando bebia algo novo e delicioso num lugar animado com gente diferente. Também houveram ótimos momentos com amigos em mesas bar ou em restaurantes charmosos, e ainda mais outros momentos encantadores nos espetáculos que assisti, musicais, bale ou mesmo com os músicos de rua. Enfim tanta coisa que fica impossível descrever tudo, uma experiência única.
Observar e poder conviver um pouco com culturas diferentes é intrigante e excitante. Só o fato de ter ido já valeu a pena.

Mas é bom estar de volta matar as saudades do marido, ficar em casa, comer comidas triviais e tomar banho descentemente.

Agora preciso matar as saudades de vc.s amigos!

Ah agradeço de coração aos que me ajudaram a realizar tal proeza, sem eles não seria possível: meus pais, Darlan, Sandra, Kiko e Flavia.

E Helen parabéns atrazadíssimos!!!! Tem lembrançinha para vc. vinda da terra onde se amam os gatos.

sábado, maio 13, 2006

Devolução do Acre

O Evo Morales disse que o Brasil pagou um cavalo pelo Acre. Então eu sou a favor da "Pátria Amada" devolver esse monte de ávores inútil para Bolívia e mais dois cavalos de troco. Mas tem que ser o Baloubet du Rouet e o filho com dois cavaleiros: Rodrigo Pessoa e o Doda.

Agora o que eu não entendo é porquê o Brasil venceu a Guerra do Paraguai e não anexou essa m.... Pelo menos o Gamarra jogaria na seleção brasileira. E tem mais, por quê em 1903 pagaram mais que um cavalo pelo Acre? Com o dinheiro não era melhor ter comprado o Uruguai? Assim o Lugano vestiria o manto verde-amarelo. Lugano e Gamarra foram os dois melhores zagueiros eleitos pela CBF no campeonato brasileiro do ano passado.

E se for verdade que a Bolívia aceitou um pangaré pelo Acre, o problema é deles.

Beijos a todos.

sexta-feira, maio 12, 2006

Oi meus amigos!!!

Sei que estou em falta com vcs. com o blog e pricipalmente com meu maridinho. Mas tenho muito a fazer e conhecer aqui pelo Velho Mundo e nao da tempo de ficar online. Como logo estarei de volta prometo colocar mais informacoes e fotos. Por hora basta saber que esta sendo maravilhoso, Papai do ceu anda me protegendo das agruras e tudo tem ido bem. Certamente nao esquecerei nunca essa experiencia que ja surtiu grandes mudancas em mim.

Beijos a todos e especias para meu saudoso marido

PS. Como podem ver a Sandra foi uma excelente guia de Berlim

quarta-feira, maio 10, 2006




Lyara Globalizada

Já que aquela sem coração não dá sinal dá graça por aqui e nem pra mim manda alguma foto, recorri a meus informantes para conseguir uma imagens exclusivas da passagem da nossa picadinha por Berlim...

As legendas ficam para ela contar algum dia....

segunda-feira, maio 08, 2006

VAI ENTENDER AS TIAS DE HOJE....

Entro no Shopping Frei Caneca para almoçar... uma fila de crianças, algo completamente atípico para aquele local, anda pelos corredores.
Instrução das professoras para os pimpolhos que mal saíram do jardim da infância: "MeninOs de mãos dadas co MeninOs e MeninAs de mãos dadas co MeninAs...."
Melhor não comentar.. será que elas sabem os carinhosos apelidos do shopping? Se eu fosse os pais eu processava as tias por "incitar o homoerotismo" de seus pimpolhos.. rs
E você, o que faria se o melhor amiguinho de seu filho na escola fosse visivelmente efeminado?????

quarta-feira, maio 03, 2006

Crise dos 30?

Bobagem. O inferno astral que antecede o completar dos 31 é muito pior. Sem querer desanimar ninguém, tá?