quarta-feira, março 17, 2004

Perdoai ó Pai porque ele SABE sim o que está fazendo

Assisti ontem na cabine "A Paixão de Cristo", de Mel Gibson.
Em uma palavra o filme é um LIXO. Faria Cecil B. de Mille parecer um gênio cinematográfico. Aliás, a produção parece ter sido realizada na década de 40 e por vezes beira o patético. Tudo é óbvio e pior, em um momento absolutamente difícil para o equilibrio da paz entre as religiões do mundo, insufla as velhas richas entre judeus e católicos.
Para Gibson ótimo ! Esta é a estratégia de marketing que ele está usando para arrastar multidões ao cinema com um filme que é para lá de ruim, mas e para este velho mundo, tão carente de boa-vontade mútua nas relações pessoais entre povos ?
Sem falar que é uma sangria gratuita. O enfoque dado é sinal claro que o "católico fervoso e conservador", que não aceita sequer as decisões do Concílio de Trento nada compreendeu sobre a maior lição deixada por Cristo: amar uns aos outros e perdoar sempre....
Gibson não conseguirá nem conquistar um lugar no Inferno com o filme.... o diabo já avisou que não quer sócios americanos. Infelizmente, fará sucesso junto ao público mais desinformado e preconceituoso, como sempre....

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial