segunda-feira, fevereiro 02, 2004

Felicidade de pobre dura pouco

Pois é estava demorando para acabar essa fase de felicidade total. Alguma Deusa invejosa resolveu me dar umm lição, para mostrar a todos que uma reles mortal não pode andar por aí se vangloriado de tanta felicidade. E resolveu me castigar ontem em plena tarde de verão escaldante em Ipanema. Saí para andar de bicicleta e depois fiquei horas debaixo do guarda sol tomando aguá de coco, indo no mar me refrescar e fazendo nada! Quando ao entardecer resolvo finalmente voltar para casa dando mais umas pedaladas, surpresa! CADÊ A BICICLETA QUE TAVA AQUI?????????????????
Frustração total. Não adiantou nem o super cadeado que o Edison havia providenciado. E o pior, como já relatou aqui mesmo o Darlan, é sempre o depois. Prestem atenção ao que eu tive que ouvir: - do cara do quiosque onde estava presa a bike - " É uns meninos apareceram com um alicate e levaram umas três bicicletas... não posso me envolver estou aqui todos os dias...."- do policial próximo ao local do crime e que nem se dignou levantar a bunda da viatura para interrogar o cara do quiosque - "... É inadmissível essa conivência com os bandidos, tem que vandalizar, botar fogo no quisoque desses babacas!" - do inpetor na hora de fazer o B.O. (pois é eu fui cidadã e fui lá dar queixa) "... isso está acontecendo direto outro dia roubaram até a bicicleta do Delegado!"
Ninguém merece!!!!!

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial