sexta-feira, janeiro 30, 2004

Balzacas

Isso aqui era pra ser um comentário no último post da Helena, mas resolvi transformar em post também.

Helens, está chegando a crise dos trinta? Então vou contar aqui uma historinha que vai deixar todas as moças muito mal.

Era uma vez, aqui na assessoria onde eu trabalho, um garoto de 17 anos que cuidava da parte de informática. Era um nerdzinho. Havia também uma moça que estava em crise, porque tinha acabado de completar 30 anos.

Um dia, o moleque começa a contar pra ela as aventuras amorosas dele em Guarulhos, e diz que sempre costumava "catar" umas coroas de 28 anos!!! Nessa hora a moça ficou com tanta raiva, que só faltou dar uma voadora no pescoço dele. Fim da história. Hehehehehe...

Na verdade, tudo depende do referencial. Pra um garoto de 17 anos, uma moça de 27 ou 28 já é coroa mesmo, porque os dez anos de diferença equivalem a uns 70% da vida dele.

Já no meu caso, quando fiz 30 anos, fiquei sem saber se podia continuar usando o termo "coroa" pra designar mulheres mais velhas. Foi o único referencial que mudou na minha vida. Também pensei em parar de ler gibis, mas logo mudei de idéia.

Resolvi que coroa pra mim, a essa altura da minha vida, são as de 40 anos. Começo até a achar que é sacanagem chamar as balzaquianas de coroas. Estou solidário a elas, embora eu ainda acredite que a idade é apenas um marco simbólico. Não tem muito a ver com a biologia. Quer dizer, é tudo histeria feminina mesmo. E homem que é homem não tem crise.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial