sexta-feira, abril 23, 2004

Gato com Sazón

Rondônia não para de surpreender. Após a matança de garimpeiros, da degola de 14 presos, foi confirmado nesta sexta-feira o cardápio da rebelião no presídio Urso Branco (tem urso na Amazônia, Luiza?): quiabo e gato com Sazón.

Segundo as mulheres dos presos, que fizeram questão de acompanhar lá de dentro a rebelião, é "um prato muito saboroso".

O drama dos felinos que cumprem sabe lá que pena no presídio é relatado no Rondoniagora. Um achado no mundo virtual. Acho que eles disponibilizam mais fotos num único dia que o iG. Rondônia tá com tudo no mundo on-line.

Além do tempo real, conseguem fazer matéria emotivas como a do gato sobrevivente Sansão. Eu não chorei, mas a Helena tenho certeza que vai chorar:

Entre mortos e feridos Sansão, o gato preto que acompanhou assustado toda a movimentação dos últimos dias no presídio Urso Branco, saiu ileso e quase sozinho. Do grupo de quase duas dúzias de felinos, moradores bem alimentados da cadeia, só Sansão (foto) e outros três conseguiram sobreviver.

Somente na manhã desta sexta-feira os jornalistas que cobriam a rebelião tiveram a certeza que as mulheres e os presos rebelados estavam, literalmente, comendo churrasco de gato. As mulheres que faziam parte da comissão de negociações revelaram, sem muito incômodo, que gato com Sazón (tempero que aguça sabor) é um prato muito saboroso. Quiabos, plantados no pátio do Urso Branco, acompanharam as refeições.

Sansão, gato esperto, foi várias vezes ao portão que dá acesso aos pavilhões tomados pelos detentos. Olhou cuidadosamente para um lado e outro e decidiu várias vezes ficar na área do “seguro”, onde ficam os presos jurados de morte.

A sapiência do bichano chamou a atenção de alguns jornalistas que, ao final da rebelião, respiraram aliados ao ver Sansão são e salvo.


Para ver a foto do sobrevivente Sansão clique aqui.




0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial