quarta-feira, dezembro 28, 2005

Meu caros,

Não sei em quantos me desdobraei no futuro. Nem tão pouco sei se haverá futuro. A vida é muito incerta, incerta como o dia da ida...
Creio cada vez mais, contudo, com o "tempo que tudo constrói", que um homem é feliz quando pode prrencher os dedos de uma mão e nomear cada um dizendo: são meus verdadeiros amigos. Tive sorte: vocês ocupam minha mão inteira e um dedo da outra.
Abaixo segue a canção que mais me tocou o coração neste final de ano. É ela que quero levá-la como força motriz em 2006. Espero vocês lá!
Tomei a liberdade de acrescentar um "s" á frente da estrofe título... se todos fossem iguais a vocêS....

E.. posso ser muito, posso até ser clonado no futuro, mas desse Márcio múltiplo e fugidio juro pelo que mais importa na vida que vocês foram quem mais chegaram perto de minha essência. Aliás, muitas e muitas vezes foram e continuam sendo vocês que mais me ajudam a saber de fato quem realmente sou !!!

Um ano iluminado!


(Tom Jobim - Vinícius de Moraes
Vinícius)

Vai tua vida, teu caminho é de
paz e amor
A tua vida é uma linda canção de amor
Abre os teus braços e
canta a última esperança

A esperança divina de amar
em paz


Se todos fossem
iguais a vocêS



Que maravilha viver
Uma canção pelo ar,
uma mulher a cantar
Uma cidade a cantar, a sorrir, a cantar, a
pedir

A beleza da amar como
o sol, como a flor, como a luz

Amar sem mentir , nem sofrer

Existiria verdade,
verdade que ninguém vê
Se todos fossem no mundo iguais a você

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial