terça-feira, janeiro 27, 2004

Cidade de Deus Reloaded

Meirelles declarou-se chocado. "Minha primeira reação foi perguntar se a Academia havia enlouquecido de vez. Um filme em português ser nomeado para Melhor Roteiro Adaptado? Um filme totalmente finalizado no Brasil nomeado para categorias técnicas como edição e fotografia? O que está acontecendo?", disse o diretor (Aliás, eu fui o primeiro a receber a nota dele e colocar no ar!).

Curioso o que uma Miramax é capaz de fazer. Quem não se lembra, Cidade de Deus foi indicado pelo País no anos passado para melhor filme estrangeiro e rejeitado até mesmo para a indicação ao Oscar. Eis que, agora, ele volta com nada menos que quatro indicações.

Se dessa vez não vier a tão sonhada estatueta, não virá mais. Particularmente, aposto que ele vai levar somente a de melhor edição. O que para o cinema nacional já estará de ótimo tamanho. Nos livraremos de um trauma crônico. Ainda que com a ajudinha providencial da Miramax.

Já para o Márcio, deverá render mais umas 50 páginas de análise da "diegese" da chegada do Brasil ao Oscar...

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial