terça-feira, maio 15, 2007

Velho/novo Hype

Mais uma dica musical, no embalo do post do André sobre a Regina Spektor.

Alguns dias atrás estava vendo vídeo clips na MTV de madrugada e passou o novo do Kosheen, Overkill, uma banda de Drum & Bass que já está no terceiro álbum. Sei que é ignorância minha, mas eu não conhecia. Eles estouram nas pistas de dança em 2001 com a música Hide U e tocaram no Brasil no Skol Beats de 2002.


A banda é formada por dois DJs e uma vocalista, que tem um vozeirão. O nome dela é Sian Evans. O nome Kosheen é a junção de duas palavras japonesas, ko e sheen, que - segundo o Wikipedia em inglês - querem dizer velho e novo (notaram o título do post?). Mas eu sempre achei que ko queria dizer filho, porque meu pai me disse uma vez que todos os nomes japoneses terminados com ko significavam filho de algo ou de alguma coisa. Por exemplo: meu pai chama Eiko, ou "filho da glória". Minha tia que morreu chamava Sueko, ou "sexta filha" (era a irmã caçula). Minha sobrinha é a Aiko, ou "filha do amor".

Já o meu avô, que lutou na Primeira Guerra Mundial (e aqui entra um gancho para um futuro post), chamava Koshin. Essa era a grafia aportuguesada. Não esqueçamos que o nome da banda foi traduzido do japonês para o inglês. Que viagem a minha...

Baixei o CD novo inteiro, que chama Damage e achei bem interessante. Recomendo.



0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial