quarta-feira, setembro 22, 2004

Odeio filme que ganha o Oscar

Na minha opinião, o Oscar é só um prêmio de reconhecimento da academia industrial norte-americana a quem serviu aos propósitos dela. Ou seja, fez bilheteria e/ou difundiu a ideologia judaico-cristã ocidental imperialista. No caso dos filmes estrangeiros, leva aquele que se mostrou mais subserviente e fez direitinho a lição de casa. O italiano "A vida é bela" é um exemplo disso.

Quando eu gosto de um filme, torço contra. Torci muito para "Cidade de Deus" não ganhar.

A torcida que os brasileiros fazem no dia da cerimônia, como se fosse uma final de Copa do Mundo, só mostra o desejo coletivo inconsciente de sermos reconhecidos como bons servos do império. Eu acho constrangedor.

Será que precisamos realmente ganhar o Oscar um dia para o bem do cinema brasileiro?
Acho que podemos viver muito bem sem a benção do Tio Sam.

Ah, não assisti ainda, mas pela história, sem dúvida "Olga" é o candidato perfeito para concorrer à estatueta. Que vença o pior.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial