sexta-feira, março 24, 2006

Eu quero é ver o oco!

A citação é recorrente. Nunca a li no original, mas é daquelas que fazem uma radiografia da natureza humana e quem me vem a mente a cada nova estripulia do governo do querido Lulinha de alguns de vocês. Com os últimos abusos no caso do "pobre caseiro" e com a "andadinha saltitante" da nobre deputada petista Angela Guadagnin, o texto do Mikhail Bakunin (1814-1876) voltou a ser citado...

"Assim, sob qualquer ângulo que se esteja situado para considerar esta questão, chega-se ao mesmo resultado execrável: o governo da imensa maioria das massas populares se faz por uma minoria privilegiada. Esta minoria, porém, dizem os marxistas, compor-se-á de operários. Sim, com certeza, de antigos operários, mas que, tão logo se tornem governantes ou representantes do povo, cessarão de ser operários e pôr-se-ão a observar o mundo proletário de cima do Estado; não mais representarão o povo, mas a si mesmos e suas pretensões de governá-lo. Quem duvida disso não conhece a natureza humana."

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial