sexta-feira, dezembro 03, 2004

Sobre a crítica

podemos dizer tudo sobre os críticos, mas nao podemos nunca chamá-los de incoerentes. Vejam esse exemplo: Um tal de João Leiva Filho (quem?) na avaliação dos filmes do guia da Folha, dá UMA ESTRELA para o filme Sob o Domínio do Mal, sob a alegação de que é "uma besteira". O mesmo distinto senhor coroa com QUATRO ESTRELAS a falta de educação do Almodóvar alegando que é "exagerado na trama, rigoroso na forma". Muito coerente, não?

Pelo menos para mim, faz todo sentido. Uma pessoa que gosta desse filminho chamado Má Educação não pode gostar da nova versão do The Manchurian Candidate. São visões paradigmáticas distintas, imiscíveis e axiomáticas! Obrigado por ser coerente, senhor crítico...

Meu Deus! e ainda chove...

abs!

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial