segunda-feira, junho 07, 2004

FOI AÍ QUE ELE DECIDIU PERCORRER O CAMINHO DE SANTIAGO...

Já que a minha insônia dá pequenas mostras de que está louca para desafiar o inverno e voltar a atacar, eu retorno a zapear a Sky nas madrugadas a procura de algo pra passar o tempo...

E várias vezes paro no Canal Brasil. Principalmente aos sábados à noite, horário reservado para o "Como era gostoso meu cinema", sessão exclusiva de pornochanchadas. Sábado passado eu quase morri de rir com "Os mansos", de Pedro Carlos Rovai, de 1973. Três histórias curtas, uma delas com roteiro de Lauro César Muniz.

O primeiro episódio era "B... de Ouro". Sandra Bréa (bem bonita, diga-se de passagem) fica passeando pela praia e encontra um cara que fica obcecado pelo seu bumbum. Segue atrás dela pelas ruas: "Deixa eu dar só uma passadinha de mão, vai?". Insiste. Oferece cinco mil cruzeiros para ela deixar. A Sandra Bréa é difícil e não topa, mas conta para o marido turco, José Lewgoy, que fica interessado no negócio. Diz para a mulher aceitar a proposta por quinze mil para ele pegar o dinheiro e investir na bolsa de valores. Conto o final se alguém estiver interessado...

... Porque o post era para falar do segundo episódio. Um rapaz é o corno do bairro, aqueles que até os vizinhos comentam. Ao por o pé fora de casa para trabalhar toda manhã, a mulher já abre a porta (e não só a porta) para o padeiro fazer a festa. Uma cena aliás, mataria Einsenstein de inveja. O padeiro está lá afundando a mão na massa de pão, batendo, mexendo de um lado para outro. CORTE. O padeiro está lá afundando a mão na bunda da moça, batendo, mexendo de um lado para o outro.

E o corno sofre! Uma hora ele resolve dar uma lição na mulher. Mete um tapa na cara dela e toma um chute nas partes baixas.

Quem era o ator? Com um jeitinho de hippie, cabelo na altura do ombro, um bigode que descia pelo lado da boca até fazer uma curvinha e candidato seríssimo à lista de piores interpretações da história.... Paulo Coelho. Sim. O próprio.

Acho que foi por isso então. Depois de ter sofrido tanto naquele episódio, ele deve ter sentado na margem do Rio Piedra e chorado muito. E depois decidiu percorrer o caminho de Santiago pra encontrar algum sentido para a vida... Acho que encontrou.

P.S. - Fui pesquisar depois sobre o filme e descobri que ele foi uma das maiores bilheterias brasileiras da década de 70. Quase três milhões de espectadores.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial